COLUNA MG

10 de dezembro

Rede de Notícias Sindijori MG

Prefeitura estima prejuízos

O prefeito de Uberlândia, Odelmo Leão, fez um balanço dos estragos e prejuízos causados pela forte chuva que atingiu a cidade de Uberlândia, causando acidentes e diversos pontos de alagamento. Segundo levantamento do Executivo, a Prefeitura estima gastos acima de R$ 1 milhão com os reparos na cidade. O impacto da chuva, que causou alagamentos em diversas avenidas da cidade, também pôde ser mensurado, segundo Odelmo, pelo nível de água do Rio Uberabinha, que subiu 1,66 metro. (Diário de Uberlândia)


 

Salinas é tem selo da Unicef

O Fundo das Nações Unidas para a Infância anunciou os 431 municípios brasileiros que foram certificados com o Selo Unicef – Edição 2017/2020. Em Minas Gerais, dos 111 municípios inscritos, apenas cinco conquistaram o Selo, dentre eles: Salinas. Os outros quatro são: Catuti, Itacarambi, Pai Pedro e Pedras de Maria da Cruz. Todos os 17 municípios da microrregião Alto Rio Pardo se inscreveram para a disputa do Selo, mas apenas Salinas teve êxito. O ‘Selo Unicef - Município Aprovado’ é uma certificação internacional concedida pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância a cada quatro anos. (Folha Regional- Taiobeiras)


 

Mariana cedia o 10º Fórum

Foi realizado em Mariana o 10º Fórum Permanente dos Prefeitos da Bacia do Rio Doce para deliberar sobre as ações da organização e alinhar em relação aos projetos futuros. Participaram do evento os prefeitos de diversas cidades impactadas pelo rompimento da barragem de Fundão, em novembro de 2015, representantes da Fundação Renova e do Governo de Minas, além de outras autoridades locais. O prefeito eleito de Ouro Preto, Ângelo Oswaldo, usou a palavra para solicitar que o município ouro-pretano também seja incluído ao fórum e ao Termo de Transação e Ajustamento de Conduta. (Portal da Cidade- Mariana)


 

Jacutinga promove imunização

Em Jacutinga, a pandemia não impediu os tutores de cães e gatos de imunizarem seus amiguinhos contra a raiva. Por meio da Vigilância Epidemiológica da secretaria de Saúde, a Prefeitura Municipal de Jacutinga divulgou os dados referentes à vacinação antirrábica durante todo o ano de 2020. A meta para todo o ano era vacinar 3.714 cães e 477 gatos, totalizando 4.191 animais. Foram vacinados 4.295 cachorros e 1.011 gatos, totalizando 5.306 animais de estimação. Na zona urbana, receberam a imunização 2.849 cães e 661 gatos, enquanto que na zona rural foram 1.446 cães e 350 gatos. (Jornal Panorama)


 

Projeto MLV recebe equipamento

O Projeto Mulher Livre de Violência – MLV, manifesta sua gratidão à Associação Feminina de Assistência Social e Cultura – Afas pelo apoio incondicional à iniciativa. A equipe recebeu esta semana, uma máquina fotográfica para registro de imagens do artesanato e das atividades junto às mulheres. O MLV está vinculado ao Grupo de Extensão e Pesquisa em Agricultura Familiar – Gepaf, e acabou de aprovar por mais um ano a iniciativa como um dos projetos de extensão da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri. (Diário Tribuna- Teófilo Otoni)


 

Hospital será unidade mais afetada

Os funcionários da Fundação Hospitalar de Minas Gerais (Fhemig) estão em greve desde quarta-feira, 9, em Belo Horizonte, acampados diante da Assembléia Legislativa (ALMG) protestando contra o fim dos contratos temporários que vencem no dia 31/01 de cerca de 3,5 mil trabalhadores da rede. De acordo com o presidente de Associação Sindical dos Trabalhadores em Hospitais de Minas Gerais (Asthemig), Carlos Martins, a unidade mais afetada será o Hospital Regional de Barbacena, onde o setor de urgência opera com 100% de terceirizados. Apenas no mês de novembro, mais de 30 funcionários do Hospital Regional de Barbacena, contratados no ano de 2014 foram desligados da instituição. (Folha de Barbacena)


 

Projeto em Miraí recebe Prêmio

A profissionalização das costureiras da Associação Confecção Intermunicipal de Santo Antônio do Rio Preto (Confisarp), pertencente ao município de Miraí (MG), continua obtendo resultados e reconhecimento. O projeto de profissionalização, desenvolvido com o apoio da Companhia Brasileira de Alumínio (CBA), foi agraciado com o Prêmio de Excelência da Indústria Minero Metalúrgica, realizado pela Revista Minérios & Minerales, na categoria "Meio Ambiente e Comunidade". (Gazeta de Muriaé)

© 2021 Sindijori - Criado com o  Wix.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now