COLUNA MG

12 de março

Rede de Notícias Sindijori MG

MP cobra ação da Câmara

O Ministério Público de Poços de Caldas, em resposta a uma representação dos vereadores do município que pediram uma investigação sobre o recebimento de terço de férias, 13° salário e indenização por férias pelos membros da atual administração e administrações passadas, sem lei autorizativa, declarou ser inviável a instauração de Inquérito Civil Público ou Ajuizamento de Ações Judiciais. Na resposta, o promotor Sidnei Boccia Pinto de Oliveira Sá explica que o MP “não pode prestar consultoria jurídica a entidades públicas, e ignorar solenemente a competência privativa da própria Câmara prevista na Lei Orgânica. Basta rejeitar as contas do prefeito”. (Jornal da Mantiqueira – Poços de Caldas)


 

Japaraíba sem definição de prefeito

Após quatro meses das eleições municipais, a população de Japaraíba ainda não sabe quem será o prefeito. Isso porque o candidato mais bem votado, está tentando limpar seu nome perante a Justiça para conseguir assumir o posto. Ele foi enquadrado em crime previsto pela Lei da Ficha Limpa. A cidade teve dois candidatos nas Eleições Municipais de 2020 e este candidato, o despachante Rogério Lacerda, obteve 62% de votos. No entanto, sua candidatura foi impugnada pela Justiça Eleitoral, desde o seu registro, em outubro de 2020, o que faz com estes votos não tenham nenhuma validade. (Jornal Cidade MG- Lagoa da Prata)


 

Biblioteca reaberta em Muriaé

A Prefeitura de Muriaé reabriu as portas da Biblioteca Municipal Vivaldi Wesceslau Moreira e todo o acervo reunido durante 80 anos está disponível para visitação. O espaço é de importante valor literário para a população de Muriaé e cidades vizinhas. A biblioteca completa o seu octagésimo ano em 25 de maio de 2021. Possui um acervo diversificado que compreende grandes nomes da literatura mundial e nacional. Também o conjunto de títulos doados pela família do patrono, Vivaldi Wenscelau Moreira, assim como, a partir deste ano de 2021, passa a administrar mais de 3.600 novos exemplares da coleção do Sesc-Muriaé. (Gazeta de Muriaé)


 

Barbacena tem potencial para agro

Barbacena está na lista das melhores cidades para investir no setor agropecuário, segundo o estudo realizado pela Urban Systems, empresa com referência em inteligência e consultoria de mercado em todo o Brasil, para a revista Exame. O município ocupa a 26ª posição no ranking nacional e o 1º lugar estadual na economia do agronegócio. A pesquisa delimitou a produtividade e exportação em comparação ao período antes da pandemia da Covid-19, além do impacto da pandemia nos empregos do setor. Os números se referem a 2020 e foram baseados em oito fatores. (Folha de Barbacena)


 

Ouro Preto vai sediar Fórum

Apresentado ao prefeito Angelo Oswaldo o V Fórum Brasileiro de Direitos Humanos e Saúde Mental é uma realização da Associação Brasileira de Saúde Mental em conjunto com a Universidade Federal de Ouro Preto e vai acontecer 03 a 7 de setembro de 2021 em Ouro Preto, tendo por lema: Resista! Lute por Direitos, Reconheça a Diversidade e a Saúde Mental como Liberdade. O evento reúne, na construção e elaboração da sua programação, cerca de 150 pessoas, das cidades de Ouro Preto, Mariana, Itabirito, além de outras espalhadas pelo Brasil e América Latina. (Jornal Voz Ativa- Ouro Preto)


 

Aulas voltam em abril

A Prefeitura de Machado autorizou, para o dia 5 de abril, a retomada, gradual, das aulas presenciais em escolas da rede particular de ensino. Dependerá, no entanto, da ‘onda’ sanitária que a região estiver, de acordo com o Plano Minas Consciente, e de várias medidas protetivas que cada instituição terá que adotar. Em Machado, concentrações de jovens durante à noite chamam à atenção. Filas do lado de fora de agências bancárias passaram a integrar parte da paisagem urbana, em Machado. Não há leitos de UTI na Santa Casa de Machado. (Folha Machadense – Machado)


 

Uberaba com alto índice de dengue

Uberaba registrou 733 casos prováveis (casos notificados exceto os descartados) de dengue, segundo Boletim Epidemiológico de Monitoramento dos casos de Dengue, Chikungunya e Zika, publicado na quarta-feira, 10. São 61 casos a mais que na divulgação anterior – em 2 de março –, que apontava 672 casos. Ainda segundo o boletim, foi registrado mais um caso de chikungunya, passando de 9 para 10, enquanto a zika continua inalterada, há duas semanas, com 4 casos. Uberaba não registrou óbito por dengue, chikungunya ou zika neste ano. Já em Minas Gerais foi confirmado um óbito por dengue, em Paracatu, e outras 2 mortes estão em investigação. (Jornal de Uberaba)

© 2021 Sindijori - Criado com o  Wix.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now