COLUNA MG

19 de janeiro

Rede de Notícias Sindijori MG

OP prepara retomada

Minas para Minas, Minas para o Brasil e Minas para o mundo. Em visita à Ouro Preto no final de semana, o secretário de Estado de Cultura e Turismo de Minas Gerais, Leônidas de Oliveira, apresentou ao prefeito Angelo Oswaldo vários projetos que buscam promover o turismo cultural de Minas e que trazem Ouro Preto como parte fundamental dessa estratégia. "70% do turismo em Minas Gerais é um turismo cultural e Ouro Preto é o maior destino, segundo as pesquisas do Estado de Minas Gerais, e tem uma importância cultural que transcende o estado, o país e o mundo", ressaltou Leônidas. (O Liberal- Ouro Preto)


Valadares recebe autonomia

O município de Governador Valadares recebeu autonomia para estabelecer suas próprias regras para prevenção e combate ao coronavírus, inclusive normas para flexibilização e abertura de atividades comerciais. Até o final desta semana, Valadares deve deixar de cumprir com as determinações do plano Minas Consciente, do governo estadual, e o prefeito André Merlo deve editar um novo decreto. Entidades empresariais entraram com uma reclamação no Supremo Tribunal Federal (STF) e, embora ainda caiba recurso, a autonomia foi garantida em uma decisão de 16 de dezembro, publicada no início deste mês. (Diário do Rio Doce – Governador Valadares)


Assinada ordem da captação

O governador Romeu Zema assinou na segunda-feira, 18, em Ibiaí, a ordem de serviço para início das obras da Adutora de São Francisco, que trará água do rio São Francisco, em Ibiaí para a cidade de Montes Claros, passando pela adutora do Sistema Pacuí, em Coração de Jesus. A obra foi planejada na administração do governador Fernando Pimentel, que em setembro de 2018 concluiu a primeira etapa, de Coração de Jesus a Montes Claros, em investimento de R$ 85 milhões na época. Agora serão aplicados R$ 209 milhões, financiados pelo Banco Europeu. (Gazeta Norte Mineira- Montes Claros)


Prefeitura trata de ocupações

Uma comissão representada por moradores de ocupações irregulares localizadas nos bairros Ana Pinto de Almeida, Bom Jesus e Santa Maria foi recebida na Secretaria Municipal de Ação Social de Araxá para tratar sobre a situação dessas áreas. O encontro foi designado pelo prefeito Robson Magela e definiu que nos próximos dias uma comissão da prefeitura iniciará o levantamento de dados e mapeamento de famílias e moradias. Além da secretaria, o estudo vai contemplar a participação da Procuradoria-Geral e do Instituto de Planejamento e Desenvolvimento Sustentável de Araxá, que também estiveram presentes no encontro. (Diário de Araxá)


Volta dos alunos atingiu 70%

O retorno das aulas presenciais na rede municipal em Coronel Fabriciano foi nesta segunda-feira, 18, em 19 das 24 escolas e creches do município. Segundo levantamentos da Secretaria de Governança Educacional, a volta dos alunos atingiu 70% do esperado. Diferentemente do período experimental realizado entre 23 de novembro e 18 de dezembro de 2020, as aulas agora são obrigatórias e determinantes para a conclusão do ano letivo do estudante. Quem não comparecer às aulas será registrado como falta. Estudantes da educação infantil (4 e 5 anos) e do ensino fundamental (1° ao 9° ano) retornaram os estudos por decisão do Prefeito Municipal e da Secretaria de Governança Educacional após ouvir os pais. (Diário do Aço- Ipatinga)


30.250 seringas agulhadas chegam a Caratinga

A Gerência Regional de Saúde de Coronel Fabriciano atua na distribuição das seringas agulhadas que serão utilizadas na vacinação contra a covid-19 aos municípios. A regional recebeu 1.024 caixas, num total de 256.000 seringas, que serão suficientes para vacinação de todo o grupo prioritário inicial. Em Caratinga, na tarde de segunda-feira, 18, chegaram 121 caixas de seringas, ou seja, 30.250 unidades, que foram retiradas no almoxarifado em Coronel Fabriciano. Os insumos estão armazenados na Vigilância Epidemiológica. (Diário de Caratinga)


Divinópolis recebe vacinas

O Governo de Minas iniciou ontem, 19, a distribuição do primeiro lote da vacina Coronavac às Superintendências Regionais de Saúde. A Macrorregião Oeste, coordenada pela regional com sede em Divinópolis, ficará com a terceira maior fatia: nove caixas - assim como Uberlândia. Juiz de Fora (14) e Montes Claros (11) lideram a lista. Cada caixa contém cerca de 2.394 doses da vacina. As regionais serão responsáveis pela distribuição entre os municípios. Ainda não foi divulgado quantas serão destinadas à Secretaria Municipal de Saúde (Semusa). (Portal Agora- Divinópolis)

© 2021 Sindijori - Criado com o  Wix.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now