COLUNA MG

22 de janeiro

Rede de Notícias Sindijori MG

Telefonia lidera reclamações

Empresa de telefonia TIM lidera ranking de reclamações formalizadas pela Fundação Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) Uberaba em 2020, no Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor (Sindec). A empresa soma 237 fichas de atendimento registradas pela Fundação no Sindec. A lista é seguida pela Algar Telecom, com 232; Claro, 215; Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig), 187; Caixa Econômica Federal (CEF), 182; Banco Pan, 180; Algar Multimídia, 162; Banco BMG, 143; Telefônica Brasil, 137; Banco C6 Consignado, 103 e outros. (Jornal de Uberaba)


 

Macrorregião segue na Amarela

Continuam na Onda Amarela, a de restrições intermediárias do Plano Minas Consciente, as macrorregiões do Triângulo do Norte (da qual Araguari faz parte), Noroeste e Norte. Apenas o Triângulo do Sul permanece na Onda Verde, a menos restritiva do plano. Com um aumento de 19% na taxa de incidência do coronavírus em Minas na última semana, ficou definido, nesta quarta-feira, 20, a manutenção de dez das 14 macrorregiões na onda vermelha. Nessa fase, é autorizada a abertura somente dos serviços essenciais como padarias, supermercados, farmácias e bancos. (Gazeta do Triângulo- Araguari)


 

Começa Mostra Tiradentes

A 24a edição da Mostra de Cinema de Tiradentes foi oficialmente lançada ontem à noite em cerimônia online e gravada com a presença do Governador de Minas Gerais, Romeu Zema; do Prefeito de Tiradentes, Nízio Barbosa; do Secretário de Estado de Cultura de Minas Gerais, Leônidas Oliveira e do presidente da Fiemg, Flávio Roscoe, entre outras autoridades. Maior evento dedicado ao cinema brasileiro, Mostra segue até o dia 30/1, com exibição gratuita de 114 filmes, realização de debates e rodas de conversa e pré-estreias mundiais, tudo concentrado no site www.mostratiradentes.com.br. (Rede Sindijori)


 

Leopoldina inaugura Centro

O prefeito Pedro Augusto Junqueira Ferraz, inaugurou na manhã desta quinta-feira, 21, em caráter de urgência, o Centro de Referência para Atendimento de pacientes com suspeita de covid-19 e sintomas gripais. O serviço funciona nas dependências da Escola Municipal Ribeiro Junqueira, no Centro, e é uma parceria firmada entre as secretarias Municipais de Saúde e Educação. Além de centralizar o atendimento de pacientes com suspeita de infecção por coronavirus em um só local, o Centro desafoga as Unidades Básicas de Saúde da cidade. (Jornal Leopoldinense- Varginha)


 

Muriaé já tem 569 pessoas vacinadas

A vacina contra a Covid-19 já foi aplicada em 569 pessoas de Muriaé. Já na quarta-feira, 20, logo após o evento de abertura da campanha (quando as enfermeiras Agda do Amaral e Aline Sabina foram vacinadas), as equipes da Secretaria Municipal de Saúde foram aos asilos Lar Ozanam e Lédia Tanus Braz, onde aplicaram mais 146 doses do imunizante contra o coronavírus. Na quinta-feira, 21, o trabalho continuou com outras 421 pessoas que trabalham na UPA, no Hospital São Paulo e no Corpo dos Bombeiros. Muriaé recebeu 2.672 doses da vacina produzida pelo Instituto Butantã. (Gazeta de Muriaé)


 

Chuvas abaixo da média

Montes Claros deverá fechar o mês com acumulado de chuvas bem aquém da média histórica para janeiro, que são 230mm, de acordo com a Climatempo. Até essa quinta-feira, 21, o município havia recebido apenas 28mm de precipitações, o correspondente a 12% da média. A presença de uma grande massa de ar seco sobre o Nordeste do Brasil vem dificultando a chegada e a formação de instabilidades também sobre parte da região Sudeste do Brasil. No mês de novembro, foram registrados bons volumes de chuva no centro-Norte de Minas e do Espírito Santo, com acumulados de chuva acima do normal climatológica. (Jornal de Notícias- Montes Claros)


 

Homicídios tiveram queda de 57%

O número de homicídios consumados em Uberlândia sofreu uma queda considerável em 2020. De acordo com dados divulgados pela Polícia Militar de Minas Gerais, no ano passado foram registradas 27 ocorrências, contra 63 em 2019. A redução chega a 57,14%. Na visão do Capitão Elias Alves Dantas, a queda é reflexo do trabalho preventivo realizado pela PM na cidade. Segundo ele, os profissionais de segurança da região trabalham sempre com a possibilidade e a potencialidade de que ocorrências policiais podem resultar em homicídios. (Diário de Uberlândia)

© 2021 Sindijori - Criado com o  Wix.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now