COLUNA MG

31 de Outubro

Rede de Notícias Sindijori MG
  1. Chineses ajudarão escolas públicas
        As empresas chinesas Huawei e SAM Metais firmaram uma parceria para fomentar a transformação digital de 16 escolas públicas de ensino fundamental e médio das cidades de Fruta de Leite, Grão Mogol, Josenópolis, Padre Carvalho e Salinas, onde vão ser instaladas as atividades de exploração do minério de ferro no Norte de Minas. Em 22 anos de Brasil, a Huawei já treinou mais de 30 mil profissionais em diversas iniciativas educacionais e planeja formar mais de 30 mil nos próximos anos. Na quinta ela anunciou parceria com a Sul Americana de Metais (SAM Metais) e fomentarão a inclusão digital e o ensino à distância de alunos de baixa renda da região. (Gazeta Norte Mineira- Montes Claros) 
     

  2. Indústria é o setor que mais empregou
        O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia, divulgou, nesta quinta-feira, 29, o levantamento do mês de setembro. Poços de Caldas continua com reação positiva no saldo de empregos (651), com 1.806 admissões e 1.155 desligamentos. A indústria foi o setor que mais empregou em setembro, gerando saldo positivo de 263 vagas (455 admitidos e 192 demitidos). Logo após, o setor de serviços, com saldo positivo de 220 empregos (723/503), o comércio, com saldo positivo de 140 vagas (480/340) e a área de construção, com saldo positivo de 40 vagas (135/95). O setor agropecuário registrou negatividade de vagas, -12 (13/25). (Jornal Mantiqueira- Poços de Caldas) 
     

  3. Andradas aplicará cerca de 240 exames
        A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) iniciou, na quarta-feira, 28, mais um mutirão para realização de exames teóricos de habilitação. Na região de Andradas, vão ser aplicados cerca de 240 exames, entre os dias 28 de outubro e 13 de novembro, atendendo candidatos não só do município, mas também de Caldas, Santa Rita de Caldas, Ipuiúna e Ibitiúra de Minas. Já em Poços de Caldas, serão realizados, até o dia 2 de dezembro, cerca de 84 exames. Exames específicos para candidatos de Campestre, Bandeira do Sul, Divisa Nova, Cabo Verde e Botelhos serão agendados para o dia 2 de dezembro, data de encerramento da ação. (Portal Cidade- Andradas) 
     

  4. Urnas  já estão em poder do Cartório
        O Cartório Eleitoral de Pará de Minas já recebeu as 230 urnas eletrônicas que vão ser utilizadas nas eleições municipais deste ano. Os equipamentos vão ser destinados ao processo eleitoral das quatro cidades pertencentes a 202ª Zona, que além do município pará-minense, conta com Pequi, São José da Varginha e Onça de Pitangui. Segundo o chefe da 202ª Zona Eleitoral de Pará de Minas, Luiz Antônio Gabriel, as urnas já passaram por testes, e em breve serão carregadas. Os técnicos fizeram inspeções nos equipamentos para verificar possíveis defeitos ou se falta algum componente. Caso elas apresentem problemas, serão realizadas as trocas de bobinas. (JC Notícias- Pará de Minas) 
     

  5. Casos de dengue podem ser maior
        No mês de janeiro foi realizado o primeiro e único Levantamento de Índice Rápido para o Aedes aegypti (LIRAa) de 2020. O resultado de 6,8 para infestação predial apontava uma situação alarmante em Formiga. No mesmo período do ano passado, o resultado foi de 3,8. De acordo com as estatísticas, o índice entre 0 e 0,9 aponta que o município enquadra-se em situação de baixo risco; de 1,0 a 3,9 é médio risco; e acima de 4,0 é considerado alto risco. Até o início do mês de março deste ano, 558 casos suspeitos já haviam sido notificados no município. (Jornal Nova Imprensa- Formiga) 
     

  6. Movimento contra mineração toma força
        Um movimento popular contra a mineração tem surgido em várias cidades da região em reação a intenção da Mineradora Curimbaba em extrair bauxita na região. Ao todo são 22 cidades que possuem áreas ricas no minério que é utilizado na fabricação do alumínio. O movimento Mineração Aqui Não- Região do Caparaó tem realizado reuniões com a população e candidatos das eleições municipais, com o intuito de barrar a exploração e a instalação da mineradora na região. (Diário de Manhuaçu) 
     

  7. O melhor café do Sul de Minas
    O café arábica produzido pelo cooperado, Wilson Vicente Soares, na cidade de Capitólio, é o campeão do Programa Especialíssimo da Cooxupé (Cooperativa Regional de Cafeicultores em Guaxupé) e revelado como o lote de melhor qualidade da safra de 2020 na área de atuação da cooperativa mineira, que abrange o Sul e Cerrado de Minas Gerais e a média mogiana do estado de São Paulo. Soares foi premiado com o valor de R﹩ 25 mil. (Folha da Manhã – Passos)

© 2017 Folha da Manhã - Criado com o  Wix.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now