COLUNA MG

04 de janeiro

Rede de Notícias Sindijori MG

    Explosão deixa cidades no escuro
    Diversas cidades do sul de Minas ficaram sem abastecimento de luz elétrica às vésperas da passagem de ano,  depois de uma explosão na subestação da Cemig em Poços de Caldas. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o apagão ocorreu por volta de 22h30 de quarta e foi registrado em pelo menos seis cidades da região, incluindo Guaxupé, Andradas, Muzambinho, Nova Rezende, Machado e Alfenas. O equipamento danificado é um para-raios e, apesar da explosão, não houve incêndio. (Jornal Mantiqueira- Poços de Caldas) 
 

Morre ex-presidente do Sindijori MG
O ex-presidente da Associação dos Jornais do Interior (Adjori) e do Sindicato dos Proprietários de Jornais, Revistas e Similares do Estado de Minas Gerais (Sindjori), proprietário da Republicar, agência de representação de jornais do interior de Minas em Belo Horizonte, Alexandre Wagner da Silva, faleceu no último final de semana. Ele foi mais uma das vítimas do covid-19, sendo sepultado na sexta-feira, em Belo Horizonte. (Jornal Panorama - Baependi)
 

Lei Aldir Blanc paga artistas 
    Os sete-lagoanos terão um mês de janeiro de muitas atrações culturais de artistas locais online. Isso porque a Lei Aldir Blanc, de apoio emergencial à classe artística e ao segmento de eventos em função da pandemia, teve seu prazo de execução prorrogado. A decisão, publicada na terça-feira, 30, ampliou o prazo de 31 de dezembro para 31 de janeiro, dando mais tempo para as apresentações dos projetos aprovados. Segundo o secretário adjunto de Cultura, Marcos Avelar, o Município conseguiu praticamente zerar a conta de toda a verba recebida. (Boca do Povo- Sete Lagoas)
 

Uberaba recebe R$ 50 mi 
    O ex-prefeito Paulo Piau e o secretário de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Inovação, José Renato Gomes, assinaram termo de compromisso com a Construtora Terraço Ltda para construção de um Terminal Intermodal, em terreno de 70 mil m², localizado no Distrito Industrial III. A área é de propriedade da construtora. A expectativa é que o Terminal Intermodal esteja em operação no início de 2022. O projeto consiste na ampliação da linha 02 que permite o cruzamento de trens grandes com geração de aumento da capacidade para transporte de grãos no corredor sudeste. (Jornal de Uberaba)
 

Mortes violentas ficam estáveis 
    O ano de 2020 foi de muitas perdas, não só para as centenas de famílias que tiveram entes queridos levados pela Covid-19, mas também paea aquelas pessoas ligadas às 66 vítimas de mortes violentas ocorridas no mesmo período em Juiz de Fora. As vidas de 59 homens e de sete mulheres foram ceifadas bruscamente das mais diversas formas,e as armas de fogo estavam presentes em 65% dos casos. As facas e instrumentos cortantes foram usados em mais de 13% dos assassinatos, enquanto agressões e/ou esganaduras aparecem como meios utilizados em pelo menos 10% deles. (Tribuna de Minas- Juiz de Fora) 
 

Entidades terão verbas 
    Recentemente, entidades filantrópicas e socioassistenciais de Pará de Minas foram contempladas com recursos provenientes do FIA – Fundo da Infância e Adolescência e, também, com valores advindos do estado de Minas Gerais. Os cheques com R$ 10 mil e R$ 15 mil foram entregues para os dirigentes dos locais beneficiados com a iniciativa. Os valores chegam em boa hora, uma vez que as entidades filantrópicas continuam seus trabalhos mesmo com a pandemia e com a diminuição em recursos financeiros. (JC Notícias- Pará de Minas) 









 

 

 

 



 

Prefeito eleito não toma posse
    Vencedor da eleição para prefeito de Japaraiba, Rogério Lacerda não vai assumir a cadeira de gestor do município. Enquadrado na lei da ficha limpa, o candidato que teve 62% dos votos válidos, aguarda julgamento ainda sem data marcada, para decidir se vai ou não assumir o cargo de prefeito. Enquanto Rogério não for julgado, quem assume a vaga de gestor da cidade é o presidente da Câmara Municipal, Elcio Veloso. A eleição para presidência da Câmara de Japaraiba aconteceu na manhã da última sexta-feira, 1º, e teve um peso ainda maior: uma vez que o presidente da casa de leis tem a responsabilidade de assumir a prefeitura, até que Rogério Lacerda seja julgado na lei de ficha limpa. (Jornal Cidade MG- Lagoa da Prata)

© 2021 Sindijori - Criado com o  Wix.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now