COLUNA MG

06 de Outubro

Rede de Notícias Sindijori MG

Uemg de Poços questionada pela Câmara

A Câmara Municipal aprovou pedido de informações sobre a implantação de novos cursos de graduação, pós-graduação, pesquisa e extensão pela Universidade do Estado de Minas Gerais (Uemg) no campus de Poços de Caldas e mudança para novo prédio. Em 29 de novembro passado, a Prefeitura e Uemg anunciaram algumas mudanças programadas para o ano de 2018, inclusive tratando a respeito da autonomia da instituição de ensino quanto a todo tipo de decisão de caráter pedagógico e administrativa. Com isto, a Uemg poderia também implantar novos cursos de graduação e pós-graduação na cidade, que se consolida como polo universitário regional. O requerimento questiona se existe previsão de implantação de novos cursos de graduação na unidade de Poços de Caldas e em caso afirmativo, quais seriam e quando seria. (Jornal da Cidade – Poços de Caldas)

Cataguases na Rede de Cidades Criativas

Cataguases está entre os 16 municípios brasileiros selecionados inicialmente para se candidatar a integrar a Rede de Cidades Criativas da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura. O resultado preliminar do chamamento público foi divulgado pelo ministério da Cultura. Cataguases obteve a segunda maior pontuação (81,25), atrás apenas de Diamantina (86,08). O programa da Unesco tem o objetivo de promover a cooperação internacional entre cidades que investem na cultura e na criatividade como fatores de estímulo ao desenvolvimento sustentável. (Jornal Atual – Cataguases)

 

 

Mobilidade em Teófilo Otoni questionada

Denúncia ao Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais aponta diversas irregularidades na Licitação de Mobilidade do Transporte Público de Teófilo Otoni, estabelecida pelo prefeito Daniel Sucupira. Foi determinada a imediata suspensão do processo, considerando a grandeza da situação. Receoso de que o TCE-MG adotasse medidas ainda mais drásticas, inclusive com aplicação de punição aos responsáveis, o prefeito determinou a anulação o processo licitatório de Mobilidade do Transporte coletivo. (Diário Tribuna – Teófilo Otoni)

 

Punição a guardas gera polêmica

A punição a guardas municipais de Montes Claros, que deixaram de receber biênios por não terem alcançado a nota mínima para ter direito ao benefício, tem sido questionada pelos servidores e por vereadores que discordam do procedimento e da forma como o processo foi conduzido. Parlamentares chegaram a votar, na reunião da última terça-feira, 2, a exoneração do secretário da corporação. O voto de censura, proposto pelo vereador Oliveira Lêga, no entanto, foi rejeitado pela maioria. O biênio corresponde a 3% do salário base dos servidores e três integrantes da guarda ficaram sem o benefício. (O Norte de Minas – Montes Claros)

 

Telefonia é o serviço com mais queixas

A Agência de Proteção e Defesa do Consumidor de Juiz de Fora (Procon/JF) de Juiz de Fora divulgou nesta quinta-feira, 4, a lista das dez empresas com o maior número de reclamações em setembro no município. O setor de telecomunicações, mais um vez, liderou o ranking de queixa dos consumidores. A Telemar Norte e Leste S/A teve 429 registros de reclamações (22,32%), seguida pela Tim Celular S/A com 83 queixas (4,32%) e a Claro S.A. 81 (4,21%). Em quarto lugar ficou a Telefônica Brasil S/A (Vivo), com 74 reclamações (3,85%). Em seguida aparece a Caixa Econômica Federal com 62 (3,23%). (Tribuna de Minas – Juiz de Fora)

 

Acervo da UFV encontrado nos EUA

Foi depois da publicação de um artigo em um jornal de importante circulação em Gainesville, nos Estados Unidos, que parte da história de Viçosa e da atual UFV (Universidade Federal de Viçosa) foi redescoberta. Imagens, documentos, ofícios, cartas, recortes de jornais – inclusive de Viçosa – e livros de Peter Henry Rolfs foram achados por um professor da instituição. Parte do acervo já foi perdida e outra corre sérios riscos, segundo o docente. O achado foi de certa forma inesperado, uma vez que o jornalista e professor do curso de Comunicação Social da UFV, Ernane Rabelo, estava nos Estados Unidos pesquisando o papel dos jornais para a integração dos migrantes brasileiros nos EUA. (Folha da Mata – Viçosa)

 

Comércio se prepara para o Natal

A menos de três meses do Natal, os enfeites típicos da data já invadiram alguns comércios de Uberlândia. Mas a proximidade não traz apenas enfeites, o aumento de vendas nessa época do ano também demanda vagas temporárias. Muitas empresas uberlandenses já começaram a divulgar oportunidades de emprego. O Sistema Nacional de Emprego (Sine) de Uberlândia está com 172 oportunidades em aberto para trabalhadores temporários. A maioria das vagas é para auxiliar de linha de produção (80 vagas), seguido de operador de processo de produção (60) e auxiliar de logística (30). (Diário de Uberlândia)

Baixe o arquivo >>

© 2017 Folha da Manhã - Criado com o  Wix.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now