COLUNA MG

02 de Abril

Rede de Notícias Sindijori MG
  1. UFV pode fazer testes
    Em conjunto com o Ministério da Saúde, a Funed está elaborando critérios para que outros laboratórios possam realizar as análises em regime de excepcionalidade. A Universidade Federal de Viçosa colocou à disposição do Governo de Minas Gerais a estrutura de quatro laboratórios especializados em pesquisas com vírus para realização de testes para o novo coronavírus. Se for autorizada pelas autoridades competentes, a UFV poderá realizar em torno de 200 testes por dia, com a liberação dos resultados em até dois dias. (Folha da Mata – Viçosa)
     

  2. Hospital deve iniciar atendimentos 
        A expectativa da Prefeitura de Uberlândia é colocar o Hospital Santa Catarina em funcionamento já na próxima semana. A unidade particular foi requisitada administrativamente para reforçar a rede pública de saúde durante a epidemia do novo coronavírus e tem passado por reparos para iniciar os atendimentos aos pacientes da cidade. O hospital conta com 101 leitos e capacidade para atender até 60% da demanda via Sistema Único de Saúde (SUS). Inicialmente estão aptos para serem utilizados 20 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e outros 60 de enfermaria. (Diário de Uberlândia)
     

  3. Comitê organiza atendimento 
        A Superintendência Regional de Saúde (SRS) de Juiz de Fora apresentou o plano de contingência macrorregional de enfrentamento ao coronavírus (Covid-19), a partir da disponibilização de leitos nos 94 municípios que integram a macrorregião sudeste de saúde e da organização do fluxo de pacientes que venham a ser diagnosticados com a doença, permitindo que eles sejam atendidos em cidades da região que dispõem de leitos de UTI. Um comitê foi formado para verificar quais vagas já existentes poderiam ser usadas para receber pacientes com a doença, entre outras ações. (Tribuna de Minas- Juiz de Fora) 
     

  4. Empresários ajudam hospital
    O empresário Maurício Nazaré, presidente da CDL Itaúna e de outras instâncias representativas do empresariado regional, anunciou que, entendendo a situação emergencial do município, resolveu passar à ação e ajudar na organização de um grupo de apoio ao Hospital Manoel Gonçalves, em busca de mecanismos para enfrentar a crise com a pandemia de coronavírus. A estimativa é da necessidade de mais 30 leitos para internação e mais 10 leitos de UTI, além de equipamentos, inclusive EPIs, material, medicamentos e até contratação de pessoal. Nazaré disse que os levantamentos iniciais apontam para um custo em torno de R$ 2,7 milhões ou R$ 3 milhões. (Folha do Povo – Itaúna)
     

  5. Índice atinge 806,00 mm 
        A Chácara do Desengano S/A, localizada na Rua Dr. Custódio Junqueira, no centro de Leopoldina, mantém em sua sede um pluviômetro, aparelho de meteorologia usado para recolher e medir, em milímetros lineares, a quantidade de chuva precipitada durante um determinado tempo. A pedido do Jornal Leopoldinense a empresa divulgou o índice pluviométrico do ano de 2020 registrado de 1º de janeiro a 31 de março de 2020 em Leopoldina, quando choveu em 47 dias. Em janeiro foram 14 dias de chuvas, 20 em fevereiro e 13 em março com média diária de 17,15mm e mensal de 268,67mm. (Jornal Leopoldinense- Leopoldina) 
     

  6. HC abre o pronto-atendimento 
        O Hospital das Clínicas Mário Ribeiro da Silveira já está com o pronto-atendimento funcionando 24 horas para receber quem apresentar sintomas gripais, ou ainda, sintomas mais específicos do coronavírus. O hospital vai atender tanto crianças quanto adultos e idosos, de todo o Norte de Minas, pelo Sistema Único de Saúde (SUS). A atuação do pronto-atendimento do HC foi uma solicitação da Secretaria Municipal de Saúde de Montes Claros que, neste momento de crise, está reorganizando a rede SUS no município para atender a demanda que vai poder existir em função de o Brasil estar entrando no outono. (Jornal O Norte- Montes Claro)
     

  7. Divinópolis tem projeto para crianças
        A Diretoria de Infraestrutura e Desenvolvimento Tecnológico de Divinópolis, criou o projeto “Divertindo as Crianças”. O mesmo vai ser desenvolvido através de uma página, com o intuito de auxiliar adultos e crianças com brincadeiras simples e antigas. A ideia é promover atividades sem o uso de equipamentos eletrônicos, podendo ser feitas em casa e que incentivam o desenvolvimento das crianças. O isolamento doméstico, extremamente necessário e recomendado pelo ministério da saúde por causa do Covid-19, tem se tornando um desafio diário para os pais e crianças. (Gazeta do Oeste- Divinópolis)
     

  8. Distribuição de alimentos vai ser iniciada
        A Secretaria Municipal de Promoção Social de Poços de Caldas vai entregar a famílias em situação de insegurança alimentar os alimentos recebidos em doação pela campanha promovida pelo Banco de Alimentos. A distribuição vai ser feita a partir da próxima semana, de acordo com o recebimento das doações. Por isso, é fundamental a participação de quem tiver condições de doar alimentos não-perecíveis. A distribuição depende exclusivamente das doações recebidas pelo Banco de Alimentos, ou seja, as equipes vão entregar somente os alimentos doados por pessoas e empresas que participam da campanha. (Jornal Mantiqueira- Poços de Caldas) 
     

© 2017 Folha da Manhã - Criado com o  Wix.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now