COLUNA MG

08 de Abril

Rede de Notícias Sindijori MG
  1. Cai movimento na Rodoviária
    Devido à preocupação com o novo coronavírus (Covid-19) e com a orientação de permanecer em isolamento domiciliar, muitas pessoas têm evitado viajar para outras cidades. Além disso, empresas de transporte rodoviário têm adotado medidas preventivas para evitar a propagação do coronavírus, como a redução da frota disponível aos passageiros. Tudo isso contribui para que as rodoviárias fiquem praticamente vazias, quase sem circulação de carros. Conforme o gerente do Terminal Rodoviário de Ipatinga, Luiz Carlos Chamon, houve uma redução na movimentação de ônibus de 99% no terminal ipatinguense. (Diário do Aço – Ipatinga)
     

  2. Uberaba decreta calamidade
        Por meio do decreto 5443, foi declarado o estado de calamidade pública em Uberaba em decorrência do coronavírus/Covid-19. A medida adotada pelo prefeito Paulo Piau ratifica decreto editado pelo governo do Estado no dia 20 do mês passado de abrangência em todo o território mineiro. O principal pilar da medida é suportado por relatos da Secretaria Municipal da Fazenda, de que em decorrência das ações emergenciais para conter a pandemia, as finanças públicas e as metas fiscais estabelecidas para 2020 podem ficar "gravemente comprometidas", assim como as metas de arrecadação de tributos, pela redução da atividade econômica. (Jornal de Uberaba) 
     

  3. Alunos recebem material
        A Prefeitura de Uberlândia lançou uma ferramenta para disponibilizar conteúdo didático aos alunos durante a suspensão das aulas da rede municipal de ensino em virtude da pandemia da Covid-19. A plataforma chamada “Escola em Casa” pode ser usada gratuitamente em desktop e também dispositivos móveis. O sistema está inserido dentro do portal da Prefeitura de Uberlândia e, para acessá-lo, basta clicar na guia de “serviços” e, em seguida, no portal Escola em Casa. Vão ser disponibilizadas diversas atividades para alunos do ensino fundamental (do 1°ao 9°ano), ensino infantil e também do programa Educação para Jovens e Adultos (EJA). (Diário de Uberlândia)
     

  4. Verba comprará cestas básicas
        A verba de R$1 milhão do Fundo para a Infância e Adolescência liberada para as ações de prevenção e enfrentamento do Covid-19 vão ser usados para a aquisição de cestas de alimentos para as crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social de Montes Claros e o critério aprovado para recebimento dos benefícios, conforme orientação da Procuradoria Municipal e respaldada pelo Ministério Público é das famílias que possuem crianças e adolescentes matriculadas nas escolas públicas municipais. A verba deve comprar 20 mil cestas básicas. Montes Claros tem 32 mil alunos na rede de ensino municipal. (Gazeta Norte Mineira- Montes Claros)
     

  5. Disque denúncia é lançado 
        Os órgãos responsáveis pela administração pública e manejo da saúde e comércio em Mariana lançaram o serviço de denúncias contra aglomerações. A decisão é amparada pelo decreto municipal que proíbe estabelecimentos que não oferecem serviços primários de abrirem as portas. O "Disk Aglomeração" veio, também, em função de reclamações e denúncias de bares funcionando como se a situação no município se encontrasse dentro da normalidade. Em caso de eventuais denúncias, a fiscalização é realizada em parceria com a Guarda Municipal, nestas circunstâncias eles comparecem ao local e o proprietário é inicialmente notificado. (Portal da Cidade- Mariana) 
     

  6. Plantão de apoio é criado
        A Prefeitura de Arcos, através da Secretaria de Saúde, lançou nesta segunda-feira, 6, o programa Plantão de apoio emocional à crise do Covid-19, que tem por objetivo atender pessoas em crise de ansiedade devido ao isolamento. Dez psicólogos fazem o atendimento entre 8 e 16 horas, de segunda a sexta. A psicóloga Helenice Teixeira Macedo explica que o atendimento é específico para quem está sofrendo de ansiedade, devido ao surto da pandemia do Covid-19. “Às vezes, a pessoa quer ligar por ter terminado com o namorado ou por estar em crise no casamento ou qualquer outro assunto que não seja relacionado a crise, o objetivo não é esse; mas sim cuidar dos que estão realmente sofrendo por este momento”, alerta a psicóloga. (Correio Centro-Oeste- Arcos) 
     

  7. Contas em dia dão segurança
    Diante da situação delicada que a sociedade brasileira está vivendo com a pandemia de coronavírus, a Cemig recomenda que seus clientes se cadastrem para receber a fatura por e-mail, garantindo o recebimento da conta sem riscos de contaminação, de extravio ou de perda de prazo para pagamento. Além disso, a Cemig tem um outro bom motivo. Presente em várias listas de empresas mais sustentáveis do mundo, a Companhia está determinada a substituir o papel pelo meio digital. Além de eliminar o risco decorrente do acúmulo de dívidas em tempos de tantas incertezas, quem mantém as contas em dia ajuda a proteger a sociedade de eventuais desequilíbrios no Sistema Interligado Nacional de Energia Elétrica, dado que os custos para levar a energia até cada cliente são muito altos. (Ascom Cemig)


  8. Leitos são disponibilizados à saúde 
        Em busca de alternativas para bem atender a população formiguense em caso de surgimento de registros positivos do novo coronavírus, a Prefeitura de Formiga está firmando parceria com o Hospital Santa Marta. O objetivo é que aproximadamente, 25 leitos sejam disponibilizados para a realização de atendimentos que são feitos pela Unidade de Pronto Atendimento (UPA). Desta maneira, a UPA vai ser usada exclusivamente para atender os cidadãos, que, porventura, sejam diagnosticados com covid-19. Desde o dia 23 de março o Executivo está negociando com a direção do hospital. (Jornal Nova Imprensa- Formiga)
     

© 2017 Folha da Manhã - Criado com o  Wix.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now