COLUNA MG

18 de Junho

Rede de Notícias Sindijori MG

Gasolina tem nova queda de preço em MOC

O preço da gasolina caiu mais uma vez e está a R$ 4,57 em vários postos da cidade, numa queda de R$ 0,03 no litro. O valor estava de R$ 4,60 na semana passada. A redução foi antecipada pelo Gazeta na edição de quinta-feira, 13, quando mostrou reportagem do diretor regional do Sindicato dos Postos de Combustíveis (Minaspetro), Gideon Durães. A gasolina chegou a custar R$ 4,99 em Montes Claros e tinha o seu preço médio de R$ 4,89. Porém, com a reação dos consumidores, que reduziram as compras, os postos provocaram uma reação das refinarias, que fizeram promoção. (Gazeta Norte Mineira- Montes Claros)

 

Projeto traz melhoria de condições sanitárias

A Câmara Municipal de Divinópolis aprovou um Projeto de Lei Complementar 008/2018, de autoria do executivo municipal, nesta última quinta-feira, 13. A lei estabelece a criação da taxa de aprovação de Projetos Sanitários Básicos de Arquitetura, voltadas para os estabelecimentos de saúde e de interesse da saúde. De acordo com o projeto, ficam sujeitos à taxa de aprovação pessoas físicas ou jurídicas que exerçam atividades sujeitas à Vigilância Sanitária em Divinópolis, que necessitem da análise e aprovação do respectivo e específico projeto arquitetônico. O pagamento da taxa vai ser recolhido através de uma guia emitida pela Secretaria Municipal de Saúde (Semusa). (Gazeta do Oeste- Divinópolis)

 

Feira de Santos Dumont terá melhorias

A feira livre de Santo Dumont vai passar por algumas mudanças. Durante o “Café do Legislativo”, a representante da Secretaria de Agricultura, Elisângela Mendes, o secretário de Administração José Geraldo de Almeida e o fiscal Vander de Lima acataram convite da Câmara de Vereadores para debater a feira. E diante dos problemas a prefeitura tomou algumas providências: administração da feira sairá da Secretaria de Finanças para a Secretaria de Agricultura; a feira será padronizada como já é feito na feirinha de quarta-feira; os inadimplentes serão cobrados e precisarão estar em dia para trabalhar e a Prefeitura terá mais fiscais na feira. (Jornal Panorama – Santos Dumont)

 

Barbacena tem pouca arborização

As árvores garantem equilíbrio ao meio ambiente, fazem sombra, ajudam a reduzir a sensação térmica de calor, produzem oxigênio e tem a capacidade de reduzir a poluição sonora e a intensidade dos ventos, mantendo a umidade do ar e as chuvas em formato regular. Infelizmente, todos estes benefícios proporcionados pelas árvores passam longe da Cidade das Rosas. Um levantamento realizado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostrou que Barbacena ocupa a posição de número 5.525, entre as 5.570 cidades brasileiras, quando o assunto é arborização de vias públicas. Em Minas Gerais, Barbacena ocupa a posição 806, dentre os 853 municípios mineiros. (Folha de Barbacena)

 

Profissionais da saúde paralisam atividades

A manhã dessa segunda-feira, 17, começou agitada na Policlínica Nossa Senhora da Piedade em Pará de Minas. Isso porque pouco mais de 20 médicos e dentistas paralisaram os atendimentos eletivos na unidade de saúde. Durante a manifestação passiva os profissionais reivindicavam ajuste na carga horária de trabalho, melhores condições e o direito se aposentarem por meio da Paraprev. A reportagem conversou com o dentista Leandro Freitas e ele salientou que por diversas vezes os profissionais buscaram o chefe do executivo, prefeito Elias Diniz – PSD, para uma negociação, no entanto, sem sucesso até o início da manhã de segunda. (JC Notícias- Pará de Minas)

 

Alunos impactaram mais de R$55 milhões

Integrantes do Programa de Educação Tutorial (PET) - Conexões de Saberes realizaram pesquisa para compreender os gastos dos estudantes dos campi da Ufop em Mariana. Para o estudo, 109 estudantes foram entrevistados e responderam questões sobre sua idade, cidade natal, curso, gastos com moradia, alimentação, lazer e outros produtos ou serviços. Na visão do prefeito de Mariana, Duarte Júnior: "Esse estudo só demonstra que o município tomou a atitude certa quando lutou e contribuiu para que se mantivesse o Campus da Ufop em Mariana, demonstrando a importância da universidade na economia local". A pesquisa revelou que o gasto mensal médio dos estudantes que responderam a amostra era de no mínimo R$670,00. (Jornal Ponto Final- Mariana)

 

Programa busca popularização da literatura

O Programa de divulgação e popularização da Literatura está sendo promovido em Araxá com o objetivo de divulgar os espaços patrimoniais e históricos da cidade, através da literatura. A Prefeitura através da Fundação Cultural Calmon Barreto (FCCB) em parceria com o Cefet está apoiando o Programa que visa aproximar a comunidade cefetiana da comunidade estudantil e dos demais interessados nos espaços tombados pelo poder público. Na parceria, há a divulgação de trabalhos de qualidade produzidos pelos alunos a partir da leitura e da releitura de obras literárias clássicas, utilizando como cenário os espaços patrimoniais de Araxá, como o prédio da Fundação, a fachada do Colégio São Domingos, a Praça Governador Valadares, dentre outros. (Diário de Araxá)

© 2017 Folha da Manhã - Criado com o  Wix.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now