COLUNA MG

21 de Março

Rede de Notícias Sindijori MG
  1. Suspensão de cobrança 
        Entidades de classe e alguns vereadores de Uberlândia pedem ao prefeito Odelmo Leão que suspenda a cobrança de tributos municipais, além de prazos em processos administrativos, em virtude do atual cenário de crise no País em decorrência do novo coronavírus. Em um primeiro documento, assinado por representantes de sete associações dos setores comercial, produtivo e de turismo da cidade, são pontuadas diversas propostas com o intuito de amenizar o período crítico e reduzir o risco de fechamento de empresas e postos de trabalho na cidade. (Diário de Uberlândia) 
     

  2. Cemig fecha agências de atendimento 
    Para colaborar com o combate à propagação da Covid-19 e garantir o serviço com qualidade aos seus mais de 8,5 milhões de clientes, a Cemig está seguindo recomendações dos órgãos de saúde, relacionadas ao risco de contágio trazido pelas aglomerações. Dessa forma, as  agências de atendimento presencial da companhia serão fechadas a partir da segunda-feira, 23, por tempo indeterminado até que a situação esteja controlada. Dessa forma, a Cemig orienta seus clientes a solicitarem os serviços pelos canais digitais de atendimento. (Rede Sindijori)
     

  3. Casu disponibiliza 30 leitos 
        O Casu-Hospital Irmã Denise disponibilizou 30 leitos de UTI para o plano de contingenciamento do Estado de Minas Gerais no combate ao coronavírus. Diante da necessidade de criação de medidas de prevenção para o enfrentamento da emergência de saúde pública de dimensão mundial decorrente da pandemia do Coronavírus (2019-nCoV), a Fundação Educacional de Caratinga, a direção e colaboradores do Hospital Irmã Denise desenvolveram um “Protocolo de Manejo e Tratamento do Coronavírus (2019-nCoV)”. O protocolo tem por objetivo orientar a equipe do Casu-Hospital Irmã Denise para atuação na identificação, notificação e manejo oportuno de casos suspeitos de infecção humana pelo novo coronavírus. (Diário de Caratinga) 
     

  4. TRE cancela exigência da biometria 
        O Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) cancelou a exigência do cadastramento biométrico como requisito para votar nas eleições municipais deste ano. Quem não se recadastrou vai ter o título cancelado, adverte o TRE, mas isso só vai acontecer em novembro. Com a medida, a eleição de outubro para prefeito de Governador Valadares pode ser realizada em dois turnos, já que o município permanece com mais de 200 mil eleitores aptos. O prazo para o cadastramento biométrico em Valadares terminou no dia 6 deste mês e, até aquela ocasião, cerca de 175 mil eleitores haviam realizado o procedimento. Além de Valadares, a Justiça Eleitoral no município cadastrou biometria de eleitores de Alpercata, Frei Inocêncio, Matias Lobato, Periquito e Marilac. (Diário do Rio Doce- Governador Valadares)
     

  5. Projeto de implantação é selecionado 
        Pleito antigo no município, a implantação do Parque Linear do Córrego Brejo Alegre em Araguari por diversas vezes foi tema de reuniões e, diante da sua importância, mobilizou os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário que em 2019, recomendou ao município que providenciasse o andamento das obras, pois o local poderia provocar danos ao meio ambiente e à saúde das pessoas. Após o empenho do prefeito Marcos Coelho (PSB) vereadores e deputados que representam o município, o Ministério do Desenvolvimento Regional selecionou a proposta de Araguari na modalidade “manejo de águas pluviais”. (Gazeta do Triângulo- Araguari) 
     

  6. Iniciado programa de regularização 
        A administração de São João do Oriente iniciou nesta semana o Programa de Regularização Fundiária Urbana (Reurb), que oferece aos moradores condições vantajosas para a obtenção das escrituras de imóveis. O programa foi lançado pelo prefeito Joaquim Coelho da Silva – Véio, em audiência pública nesta semana. Os moradores podem aderir ao programa ou obter mais informações numa unidade instalada na Praça 1º de Março, no Centro da cidade, informa o governo municipal. Técnicos da empresa responsável pelo trabalho passaram por treinamentos na semana passada e já estão fazendo visitas domiciliares e trabalhos de campo para legalização de todos os lotes da área urbana do município. (Diário do Aço- Ipatinga)
     

  7. Uso do transporte coletivo cai 35% 
        Transporte coletivo registra redução de 35% do movimento após as ações de prevenção ao coronavírus, como, por exemplo, a suspensão das aulas. Além disso, várias medidas continuam sendo adotadas para evitar a transmissão dentro dos veículos, em estações e nos terminais. Uberaba tem o primeiro caso confirmado de Covid-19. De acordo com o superintendente do transporte coletivo, Claudinei Nunes, no início da semana, a redução foi de 20%, e na manhã dessa quarta-feira, 18, a queda foi de 35% no movimento. Normalmente, entre 80 mil e 100 mil pessoas utilizam diariamente o transporte coletivo em Uberaba. Jornal da Manhã- Uberaba) 
     

© 2017 Folha da Manhã - Criado com o  Wix.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now