COLUNA MG

23 de Fevereiro

Rede de Notícias Sindijori MG

ABCZ oficializa convite para Bolsonaro

O presidente da ABCZ, Arnaldo Manuel do Souza Machado Borges, se reuniu com o presidente da República, Jair Bolsonaro, em Brasília. O líder classista estava acompanhado dos diretores da entidade, Ana Cláudia Mendes Souza e Gil Pereira. O encontro aconteceu no Palácio do Planalto e também contou com a presença do deputado federal Franco Cartafina (PHS/MG) e o associado da ABCZ Abelardo Luiz Lupion Mello. Durante a reunião, Bolsonaro foi convidado oficialmente para a 85ª ExpoZebu, que será realizada de 27 de abril a 5 de maio, em Uberaba, e contará com programação histórica para celebrar os 100 anos da entidade. (Jornal da Manhã – Uberaba)

 

Curvelo recebe o acelerador linear

Após muitas lutas e com a união de pessoas, finalmente o acelerador lin ear do Instituto do Câncer do Hospital Imaculada Conceição de Curvelo é instalado trazendo esperança redobrada a milhares de portadores de câncer da região. No entanto, uma batalha com o Governo Federal está em curso: a radioterapia somente poderá salvar milhares de vidas após o credenciamento pelo SUS, que encontrou na burocracia política seu principal adversário. (Um adversário que, em apelo emocionado, a Ir. Terezinha, diretora do HIC, pediu que todos juntos vençam o quanto antes. (Jornal Centro de Minas – Curvelo)

 

Projeto traz normas para repúblicas em Poços

A Câmara Municipal de Poços de Caldas discute um projeto de lei que dispõe sobre a proteção contra a poluição sonora, perturbação do sossego e uso anormal de propriedade no âmbito do município, no que diz respeito ao funcionamento de imóveis locados para repúblicas de estudantes. A matéria foi apresentada na última reunião ordinária e segue agora para análise das comissões permanentes da Câmara. O objetivo da proposta é estabelecer padrões, critérios e diretrizes sobre a emissão de sons e ruídos e perturbação do sossego. (Jornal da Cidade – Poços de Caldas)

 

Sete-lagoana em 3º lugar no Miss MG

A estudante de Direito e modelo sete-lagoana Rayane Araújo (Miss Continente Estrada Real MG 2017), 20 anos, disputou, na noite da última segunda-feira, 18, o título de Miss Minas Gerais 2019, no hotel Ouro Minas, em Belo Horizonte. A jovem conquistou o 3º lugar geral e venceu na categoria "Melhor Passarela". "Foi a primeira vez que disputei o concurso, que sempre foi meu objetivo. Foram mais de dois meses de preparação. Para mim foi uma grande oportunidade, acabei me tornando uma referência para os sete-lagoanos. Fico muito feliz por representar minha cidade", afirma a jovem. (Jornal Sete Dias- Sete Lagoas)

 

Dengue avança em 35 municípios do Norte

Mais de 30 municípios do Norte de Minas estão sob ameaça de epidemia de dengue. De acordo com o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SESMG), na última terça-feira, 18, foram registrados 4.076 casos prováveis de dengue em 35 municípios da região em situação de média, alta ou muito alta incidência para a doença, transmitida pelo mosquito Aedes aegyti, responsável também para a transmissão da febre chikungunya e zika vírus. Até o último dia 11, 248 casos prováveis de dengue tinham sido registrados em Montes Claros. (Jornal de Notícias – Montes Claros)

 

Estacionamento rotativo em Ipatinga

O sistema de estacionamento rotativo está em vias de ser implantado na área central de Ipatinga. A Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e de Prestação de Serviços de Ipatinga (Aciapi) e a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Ipatinga preveem benefícios tanto para os consumidores quanto para os funcionários e classe empresarial estabelecida no Centro. Após as demarcações das vagas, a empresa terceirizada Central Park realiza a orientação aos condutores. O sistema deve começar a operar a partir do dia 11 de março. (Diário do Aço – Ipatinga)

 

Queijo ganha ferramenta contra falsificação

Os produtores de queijo canastra ganharam uma importante ferramenta de combate à falsificação e de garantia da procedência do produto artesanal da região da serra de mesmo nome, no Centro-Oeste mineiro. Foi lançado nesta terça-feira o primeiro lote do famoso queijo identificado com a “etiqueta de caseína”, que é comestível, elaborada a partir de uma proteína retirada do próprio leite. A região da Serra da Canastra tem cerca de 800 produtores artesanais da famosa iguaria, espalhados por sete municípios. Juntos, eles produzem cerca de 576 toneladas de queijo por ano. (Correio do Sul – Varginha)

© 2017 Folha da Manhã - Criado com o  Wix.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now