COLUNA MG

27 de Abril

Rede de Notícias Sindijori MG
  1. MOC está no Pró-Brasil
        O Aeroporto de Montes Claros está no pacote do programa Pró-Brasil, que prevê investimentos em obras públicas para a recuperação de toda estrutura afetada pelo coronavírus, que foi lançado na quarta-feira passada pelo ministro da Casa Civil, general Walter Braga Netto. A proposta é a concessão em bloco dos aeroportos Santos Dumont e Jacarepaguá, do Rio de Janeiro e de Uberlândia e Montes Claros, em concessão estimada em R$ 1,67 bilhão e com movimentação de 11,17 milhões de passageiros. (Gazeta Norte Mineira- Montes Claros)
     

  2. JF vai ganhar dez novos leitos
        O Hospital Regional Dr. João Penido vai ter dez novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) exclusivos para pacientes diagnosticados com Covid-19. Isso porque o Ministério da Saúde anunciou um repasse de R$ 1.460.000 para a unidade. O valor faz parte do montante de R$ 255,6 milhões, anunciados nesta sexta-feira, 24, para custeio de leitos de UTI exclusivos para pacientes em estado grave da doença, em todo país. De acordo com o Governo federal, cada leito vai receber cerca de R$ 1,6 mil por diária, o dobro do valor normalmente repassado. No total, a pasta habilitou 1.740 leitos de UTI adulto e 21 leitos de UTI pediátrica. (Tribuna de Minas- Juiz de Fora) 
     

  3. Valadares pode investir R$ 25 milhões
        A Câmara Municipal de Governador Valadares aprovou a liberação de R$ 25.225.192,03 em créditos especiais, autorizando o prefeito André Merlo a aplicar esses recursos, a maior parte dele em projetos de prevenção e combate ao coronavírus. Os créditos especiais têm finalidade de apoio ao fortalecimento da rede de urgência e emergência da UPA 24 horas (R$ 874.648,93), enfrentamento da emergência da saúde pública (R$ 10 milhões), atendimento a incrementos temporários destinados à atenção básica e custeio de serviços de assistência hospitalar e ambulatorial (R$ 10 milhões), e para um plano de contingência intersetorial de atendimento a moradores de rua (R$ 82.543,10). (Diário do Rio Doce Governador Valadares) 
     

  4. Barbacena seguirá protocolo do estado
        A Prefeitura Municipal de Barbacena informou, em seu site oficial, que o prefeito Luís Álvaro esteve reunido, na manhã de sábado, com o poder Legislativo, representado pelo presidente da Câmara Amarílio Andrade, e com os representantes do comércio da cidade, onde ficou acordado que o Município vai aderir ao protocolo estabelecido pelo estado de Minas Gerais, que vai ser publicado na integralidade na próxima semana. Assim sendo, o comerciante de Barbacena deve acompanhar as notícias e diretrizes estabelecidas pelo protocolo “Minas Consciente”. (Folha de Barbacena) 


  5. Bibilioteca Delivery é implantado
        A Prefeitura Municipal de Formiga vai retomar o atendimento presencial aos sócios/leitores das Bibliotecas Públicas Municipais. Desde ontem, 27, a sessão de empréstimo das três unidades (Doutor Sócrates Bezerra de Menezes; Donateli Gandra Fonseca; e Osório Garcia) voltam a atender aos sócios, presencialmente, da 12h às 17h30, de segunda a sexta-feira. Neste primeiro momento, atendendo às medidas de segurança, a sessão de estudo e pesquisa fica sem funcionamento, mas os usuários vão poder entregar e pegar novos livros para leitura em casa, na sessão de empréstimo. (Jornal Cidade MG- Lagoa da Prata) 
     

  6. Prefeitura compra de produtores
    A Prefeitura Municipal de Caraí adquiriu a primeira remessa de produtos dos pequenos produtores feirantes da cidade, que devido às ações de combate ao coronavírus (Covid-19), estão momentaneamente impossibilitados de vender nas feiras. O prefeito Heber Neiva encaminhou o Projeto de Lei e a casa o aprovou na semana passada. A ideia é amenizar os impactos da pandemia do coronavírus no município. (Diário Tribuna – Teófilo Otoni)
     

  7. Sete Lagoas não cobra água
    Com a crise do novo coronavírus, a Prefeitura de Sete Lagoas publicou Decreto Nº 6.235/2020, que prorroga, em caráter excepcional, o vencimento de tributos municipais por 60 dias e suspende o corte de água pelo Saae por igual período, com o objetivo de minimizar os impactos econômicos causados pelas medidas de enfrentamento à pandemia. Assim, a guia do IPTU 2020 e da taxa de lixo enviada para os endereços dos contribuintes continua valendo e pode ser usada normalmente para o pagamento do valor integral ou da primeira parcela do imposto até o dia 8 de junho. (Boca do Povo – Sete Lagoas)

© 2017 Folha da Manhã - Criado com o  Wix.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now