COLUNA MG

27 de Abril

Rede de Notícias Sindijori MG

Gaeco apura agiotagem na Câmara

Policiais Civis e militares cedidos ao Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) cumpriram mandados de busca e apreensão, dessa vez, contra o empresário A.C.F., de 54 anos, e ex-funcionários da Câmara Municipal de Ipatinga, em um desdobramento da Operação Dolos, para investigar agiotagem em desfavor de assessores parlamentares. Segundo apontam investigações, um ex-assessor do vereador Gilmar Ferreira Lopes, o Gilmarzinho (PTC), preso ontem com sua filha, fazia do seu trabalho um ‘balcão de negócios’, aproveitando-se das dificuldades financeiras de seus pares para empréstimos de valores a juros considerados extorsivos (10% ao mês). (Diário do Aço – Ipatinga)

 

Pagamento evita paralisação no hospital

O pagamento de um mês d e salários dos médicos do Hospital Santa Rosália, em Teófilo Otoni (Vale do Mucuri), pode evitar – no último momento – que a instituição feche suas portas nesta quinta-feira (25/04/19), deixando sem alternativa de atendimento cerca de um milhão de pessoas de 63 municípios dos Vales do Mucuri, Alto e Médio Jequitinhonha e São Mateus, nas divisas com o Espírito Santo e Bahia. A ameaça de paralisação havia sido anunciada pelo diretor clínico do hospital, Marcos Antônio Amaral. (Diário Tribuna – Teófilo Otoni)

 

Gratuidade é debatida em conferência do idoso

O primeiro dia de trabalho da 5ª Conferência Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa, nessa quinta-feira, 25, já indicou algumas das demandas da população idosa de Juiz de Fora. O primeiro destaque vai para a participação nessa edição: 60% dos inscritos estão na terceira idade, ou seja, são as pessoas que vão poder receber, na prática, o resultado do que for definido. As deliberações seguem os apontamentos do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa. (Tribuna de Minas- Juiz de Fora)

 

Projeto literário é desenvolvido com crianças

A Legião da Boa Vontade (LBV) realiza diversas atividades e oficinas lúdicas, recreativas, esportivas e educativas que promovem o conhecimento e contribuem para a participação dos atendidos na sociedade. Diante disso, nos Centros Comunitários de Assistência Social da Instituição, a leitura é constante. Durante o ano, é intenso o convívio com os livros, para que seja cada vez melhor o universo informacional dos atendidos. Pensando nisso, a educadora social Gilmara Barros Assis deu início, em fevereiro, na Unidade da LBV em Ipatinga, ao projeto O Livro é um Palco. A programação se encerra no mês de abril, quando é celebrado o Dia Internacional do Livro Infantil. (Diário do Rio Doce- Governador Valadares)

 

Estacionamento rotativo é projetado

O prefeito Welington Moreira assinou decreto que regulamenta o sistema de estacionamento rotativo controlado pago, denominado ‘Faixa Azul’, nas vias e logradouros públicos do município de Caratinga. O documento cita as condições para o planejamento, controle e fiscalização. Entende-se por sistema de estacionamento rotativo controlado pago, denominado “Faixa Azul”, a disponibilização dos espaços nas vias e logradouros públicos devidamente identificados, delimitados, sinalizados e regulamentados para o estacionamento de veículos automotores. (Diário de Caratinga)

 

SL não cumpre universalização

Entre as cidades mineiras com mais de 100 mil habitantes, Araxá foi a única que universalizou o ensino fundamental de nove anos para toda a população de 6 a 14 anos no ano de 2017. A informação é do TC Educa, software que verifica se as metas do Plano Nacional de Educação (PNE) estão sendo atendidas pelos gestores públicos dentro dos prazos definidos na legislação. A meta 2 do Plano prevê “universalizar o ensino fundamental de nove anos para toda a população de seis a 14 anos e garantir que pelo menos 95% dos alunos concluam essa etapa na idade recomendada, até o último ano de vigência deste PNE (2024).” Sete Lagoas ficou na 21ª posição entre as 32 cidades analisadas. (Jornal Sete Dias- Sete Lagoas)

 

Uberaba gasta R$ 8,5 milhões em transporte

A Prefeitura de Uberaba vai contratar empresa para prestar serviços de locação de ônibus para atender à Secretaria Municipal de Educação (Semed). O contrato está estimado em mais de R$8,5 milhões e vai atender ao transporte escolar. No total serão locados quarenta ônibus urbanos e um ônibus rodoviário, que devem conter no mínimo 44 lugares. A empresa contratada deve ainda fornecer o motorista. Os veículos terão quilometragem monitorada por meio do sistema de GPS, cujos valores serão pagos de acordo com a franquia contratada e informações obtidas pelo sistema de monitoramento. (Jornal da Manhã – Uberaba)

© 2017 Folha da Manhã - Criado com o  Wix.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now