COLUNA MG

28 de Março

Rede de Notícias Sindijori MG
  1. Ouro Preto tem centro de enfrentamento
    A Prefeitura iniciou na semana que passou a adaptação do prédio da antiga Fábrica de Tecidos, onde atualmente funciona o Centro de Eventos e o Parque Tecnológico, para receber pacientes que apresentem um quadro de contaminação e, consequentemente, necessitem ficar isolados. De acordo com o prefeito Júlio Pimenta, o Centro de Eventos foi o local escolhido para se tornar temporariamente um Centro Avançado de Enfrentamento ao Coronavírus. O espaço contará com 50 leitos, banheiros, posto médico, enfermarias infantil, feminina e masculina, expurgo e depósito de material de limpeza. (O Liberal – Ouro Preto)
     

  2. Formiga ganha mais leitos
    O Ministério da Saúde acatou solicitação do Município de Formiga e anunciou à Secretaria de Estado de Saúde que serão liberados mais 15 leitos para a UTI da Santa Casa de Caridade de Formiga. A Secretaria Municipal de Saúde enviou relatório sobre a situação da cidade de Formiga como polo de saúde regional e explicou que os atuais 17 leitos da UTI disponível são poucos caso a pandemia chegue à cidade e região. Em tempos de normalidade, a OMS (Organização Mundial de Saúde) estabelece que são necessários 2,4 leitos para cada 70 mil habitantes. (O Pergaminho – Formiga)
     

  3. Entidades alertam para colapso
    O Sindicato do Comércio de Conselheiro Lafaiete (Sindcomércio), Associação Comercial de Conselheiro Lafaiete (Acias) e a Câmara dos Dirigentes Lojistas de Conselheiro Lafaiete (CDL-CL) assinam juntas um comunicado, no qual informam que vêm acompanhando de perto todas as medidas e orientações para o controle da pandemia do coronavírus e reconhecem a importância das ações preventivas. Mas destacam que entidades e a classe empresarial da cidade dividem uma preocupação global a respeito da situação, que leva em conta a saúde, a vida social e os empregos, que dependem da sobrevivência das empresas. (Jornal da Cidade – Conselheiro Lafaiete)


  4. HC suspende parte dos atendimentos
        Parte dos atendimentos ambulatoriais, as cirurgias eletivas, e as visitas aos pacientes no Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro, em Uberaba, foram suspensas. O objetivo é reduzir aglomerações por causa da pandemia do coronavírus. Por enquanto estão mantidos somente os atendimentos às gestantes, de oncologia e os relacionados ao pós-operatório. A coordenação do HC-UFTM ressaltou que foram mantidas apenas cirurgias de urgência e emergência e as relacionadas à oncologia. As visitas e acompanhantes para pacientes estão suspensos desde esta quinta-feira, 27. (Jornal de Uberaba)
     

  5. Implantado guia de informação
        Em busca da conscientização da população, a Prefeitura de Divinópolis com o apoio da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) e do Comitê Municipal de Enfrentamento ao Coronavírus, criou o Guia de Informação e Prevenção sobre o Covid-19. Informações como os meios de transmissão, os principais sintomas e formas de se proteger contra a doença, estão disponíveis no site. A nova medida da gestão municipal visa usar mais um aliado no combate à pandemia: a informação. A página além de ter tradução em libras, permite que os usuários realizem o download dos arquivos. O cidadão pode baixar e compartilhar informações verídicas, combatendo assim as fake news. (Gazeta do Oeste- Divinópolis) 
     

  6. NM tem obras inacabadas na saúde
        O Norte de Minas tem obras inacabadas na área de saúde, como o Hospital do Trauma, com 242 leitos, sendo 39 de UTIs e em Salinas, para lavanderia e central de esterilização que permitiria gerar mais leitos para atender os casos como da Pandemia do Coronavírus. O jornal Estado de Minas cita que os recursos de R$1 bilhão da União e do estado de Minas Gerais poderiam ter sido revertidos em 11 hospitais, dois centros de saúde e três estruturas de suporte a unidades hospitalares capazes de reforçar os mineiros contra a pandemia da COVID-19. São unidades identificadas em levantamentos dos tribunais de Contas da União e do Estado. (Gazeta Norte Mineira- Montes Claros) 
     

  7. Criado conselho de combate à crise
        Em meio a pandemia do Coronavírus, muitos cidadãos enfrentam crise econômica, por não estarem trabalhando ou por serem atingidos com o decreto de fechamento do comércio. Pensando nisso, o prefeito em exercício, Vérdi  Lúcio Melo, criou o Conselho de Combate à Crise, mais uma medida da Prefeitura de Varginha para combater o coronavírus. “A finalidade é que seja feita uma avaliação sobre impostos, vencimentos e outros assuntos ligados à economia que já sofre os efeitos do confinamento das pessoas nesta quarentena e queremos adotar medidas que não prejudiquem ainda mais nossa população, porém sem comprometer drasticamente o Município”, explica Vérdi. (Correio do Sul- Varginha)

© 2017 Folha da Manhã - Criado com o  Wix.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now