COLUNA MG

29 de Abril

Rede de Notícias Sindijori MG

Uberaba será destaque no Congresso

O Congresso Mineiro de Municípios, programado para o próximo mês em Belo Horizonte, terá Uberaba como um dos destaques do evento. A afirmação é do superintendente da Associação Mineira dos Municípios (AMM), Rodrigo Franco. A AMM é promotora do Congresso, que acontece nos dias 14 e 15 de maio no estádio Mineirão. A programação é voltada para a gestão pública municipal. A 36ª edição do evento terá como tema “Novos governos – Perspectivas, Desafios e Compromisso com os Municípios”. Durante o Congresso também está programada a posse do presidente da AMM, 1º vice-presidente da CNM e prefeito de Moema, Julvan Lacerda, e de seus 43 diretores, eleitos para a gestão 2019-2021. (Jornal da Manhã – Uberaba)

 

Radares são substituídos

O Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte (Dnit), através de contrato vigente de manutenção de radares, está fazendo a substituição de todos os aparelhos instalados em Caratinga. “Estão sendo instalados equipamentos mais modernos, que geram menor custo de manutenção e maior precisão na aferição das infrações; no sentido de melhorar a operação”, afirma o supervisor regional Robson Santana. Sobre os comentários de que os novos equipamentos são capazes de fiscalizar motocicletas, por capturarem a placa traseira, o supervisor disse que não tem esta confirmação. (Diário de Caratinga)

 

Cota mínima vai ser debatida

A Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) vai realizar no dia 13 de maio, uma audiência pública para debater sobre o estabelecimento de cota mínima para o Lago de Furnas. A audiência vai ocorrer a partir das 14h30, e foi convocada por intermédio do deputado estadual Cleiton Oliveira (Professor Cleiton/DC). A Associação dos Municípios do Lago de Furnas (Alago) convida agentes políticos, empresários ligados ao turismo, lideranças e população para participar da audiência que conta com a presença de representantes de Furnas Centrais Elétricas. (Jornal Nova Imprensa- Formiga)

 

Ambulatório é implantado

A Prefeitura de Divinópolis montou um ambulatório para atender os pacientes com suspeita de dengue em Divinópolis. Os profissionais de saúde da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) atenderam os casos suspeitos nesta segunda-feira, 29, de 7h às 19h na Policlínica, na Avenida Getúlio Vargas, 550. Quase mil notificações foram registradas na cidade em 2019. O ambulatório é composto por uma equipe formada por médico e técnico em enfermagem. Além do atendimento clínico, no ambulatório vai ser oferecida a hidratação venosa e oral para as pessoas com dengue. (Gazeta do Oeste- Divinópolis)

 

Quase 90% da BR-040 não está pronta

Dos 557,2 quilômetros da BR-040 que demandam obras de duplicação, no trecho entre Juiz de Fora e Brasília (DF), apenas em 73 quilômetros os trabalhos foram finalizados. Ou seja, 13,1% do total previsto no contrato de concessão firmado entre o Governo Federal e a Investimentos e Participações em Infraestrutura S/A (Invepar), empresa controladora da Via 040, que explora 936,8 quilômetros da rodovia. Dentro das obras de ampliação de capacidade e melhorias, o contrato prevê também a conversão de subtrechos em multifaixas para via duplicada, como em áreas entre Barbacena e Juiz de Fora, que contam com quatro faixas de tráfego (multifaixas), sem separação central. (Tribuna de Minas- Juiz de Fora)

 

Sancionada lei para coletores em caminhões

A instalação de coletores de chorume com válvula para retenção do líquido nos caminhões que realizam a coleta de lixo vai ser obrigatória em Leopoldina, após ter sido sancionado pelo Prefeito Municipal, José Roberto de Oliveira, o Projeto de Lei nº 72/2018, de autoria do vereador José Augusto Cabral. A iniciativa garante benefícios à saúde pública e ao meio ambiente, na medida em que evita que o líquido que escorre dos caminhões coletores de lixo seja despejado diretamente no solo, causando contaminação dos recursos hídricos e consequentes danos à saúde da população. (O Vigilante Online- Leopoldina)

 

Jardins concorrem a prêmio nacional

O Jardins para Borboletas está concorrendo ao prêmio de melhores projetos voltados para o sistema carcerário do país. De iniciativa do Ministério Público e Defensoria Pública, surgiu no ano passado com objetivo de homenagear mulheres que fomentam a cultura, a preservação do meio ambiente ou qualquer tipo de serviço de relevância para a cidade. Atualmente, já foram instaladas esculturas de três borboletas, construídas por pessoas em situação de rua e por internos do sistema prisional. As esculturas são projetadas pelo artista plástico Gu Ferreira e construídas por 12 pessoas– sendo seis detentos e seis moradores de rua. (O Norte- Montes Claros)

© 2017 Folha da Manhã - Criado com o  Wix.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now