COLUNA MG

02 de Março

Rede de Notícias Sindijori MG
  1. Feira deve gerar R$ 500 milhões
        Os preparativos para a 9ª edição da Feira do Agronegócio Mineiro (Femec) 2020 já estão a todo vapor no Parque de Exposições Camaru em Uberlândia. O evento, que deve gerar aproximadamente R$ 500 milhões de faturamento, vai contar com novidades tecnológicas além de uma vasta exposição de máquinas, equipamentos, implementos e insumos agrícolas, veículos, animais e outros bens destinados à produção agropecuária nacional. A feira está programada para acontecer entre 24 e 27 de março. O momento vai ser ideal para que os produtores rurais do estado de Minas Gerais realizem compras e aprimorem seus conhecimentos sobre o agronegócio. (Diário de Uberlândia) 
     

  2. Sesi faz campanha de vacinação
    A gripe é uma doença altamente contagiosa que atinge, em média, 10% dos adultos em todo o mundo. A vacinação anual é a maneira mais eficaz de prevenir a doença e suas complicações. Com o objetivo de promover a saúde e a qualidade de vida dos trabalhadores das indústrias, o Sesi-MG está realizando mais uma Campanha de Vacinação contra a Gripe e a adesão pode ser feita até dia 20/03. A campanha contempla a dose da vacina, operacionalização da aplicação e ação educativa nas dependências das indústrias participantes. Mais informações no site https://www7.fiemg.com.br/sesi
     

  3. Campanha de inclusão no calendário 
        Ações que estimulem o cuidado com a saúde mental são o foco da campanha "Janeiro Branco" que vai ser implantada na cidade de Mariana a partir da aprovação do Projeto de Lei aprovado na 3ª Reunião Ordinária da Câmara Municipal. A sessão foi realizada dia 17 de fevereiro. O autor da proposição ressaltou que em um primeiro momento as pessoas possam considerar a proposta “simplória”. Entretanto, ele destaca que foram registrados nos últimos anos cerca de 100 casos de pessoas que atentaram contra a própria vida, sendo que em alguns casos chegaram a óbito. (Portal da Cidade- Mariana)
     

  4. Projeto abre edital na Zona da Mata
        Proprietários rurais da Zona da Mata Mineira que têm áreas degradadas para restauração, e queiram recuperá-las com técnicas sustentáveis de conservação do solo e da água, podem contar com o auxílio técnico do Instituto Estadual de Florestas (IEF). O Projeto Conexão Mata Atlântica, do IEF, realiza doação de material e mão de obra para cercamento e plantio. O edital para novos beneficiários está aberto e as inscrições podem ser feitas neste link. A iniciativa tem como objetivo recuperar e preservar serviços ecossistêmicos associados à biodiversidade e ao clima em zonas prioritárias do corredor Sudeste da Mata Atlântica brasileira. (Jornal Leopoldinense- Leopoldina) 
         
    JF registra o mês mais chuvoso 
        Desde 2004, os juiz-foranos não tinham registros de um fevereiro tão chuvoso. O acumulado já é de 330 milímetros, contabilizados até o início da manhã desta sexta-feira, 28. O total representa 89% acima do esperado para o período. O número encabeça a lista composta na sequência pelos registros de 2008, quando foram contabilizados 323,7 milímetros,  2009 (260 milímetros), 2018 (263 milímetros) e 2019 (244 milímetros), em igual período. Os dados fazem parte do levantamento da Tribuna de Minas, baseado em dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). (Tribuna de Minas- Juiz de Fora) 
     

  5. Plataforma agiliza licenciamentos
        Automatizar e agilizar a liberação de certidões de vistorias de lotes, licenças de projetos e obras é o que o sistema Aprova Digital, da Prefeitura de Divinópolis, promete trazer ao cidadão. Nesta segunda-feira, 2, já esta disponível na plataforma a certidão de vistoria fiscal de lotes.  Atualmente o processo é presencial e leva em média de 15 a 20 dias para a emissão da certidão. Com o Aprova Digital, a certidão de vistoria fiscal de lotes, vai ser feita em dois dias úteis, após pagamento da taxa e 100% digital.  (Portal Agora- Divinópolis) 
     

  6. Rodoviários iniciam campanha 
        A data base da campanha salarial dos trabalhadores rodoviários da região é em março e a categoria já fechou sua pauta de reivindicações após realizar assembleias em Ipatinga, Timóteo e Coronel Fabriciano, e que já foi entregue às empresas do transporte coletivo do Vale do Aço. Segundo o presidente do Sindicato dos Rodoviários de Coronel Fabriciano e Região – o Sinttrocel, Marlúcio Negro da Silva, as assembleias ocorreram nas três cidades visando ampliar a participação dos trabalhadores na construção da pauta.  Entre os itens da pauta está a recomposição salarial pelo INPC dos últimos doze meses mais ganho real, além da manutenção de conquistas anteriores; manutenção do plano de saúde e odontológico; pagamento de Participação nos Lucros e Resultados (PLR), entre outros. (Diário do Aço- Ipatinga) 
     

© 2017 Folha da Manhã - Criado com o  Wix.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now