COLUNA MG

02 de Maio

Rede de Notícias Sindijori MG

Uberaba tem repasse para combater dengue

Com 3.750 casos prováveis de dengue, conforme Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde (SES-MG), Uberaba vai receber até R$ 200 mil para combate à dengue. Dezesseis municípios atendidos pelas superintendências regionais de Saúde de Uberaba, Uberlândia, Patos de Minas e Ituiutaba vão receber verbas que variam entre R$ 20 e R$ 200 mil do Governo do Estado para auxiliar no combate ao mosquito Aedes aegypti. Vão ser disponibilizados R$ 4,2 milhões que serão divididos entre 107 municípios com incidência “alta” ou “muito alta” de dengue. (Jornal da Manhã- Uberaba)

 

Cataguases apura serviço da Copasa

Ao longo de seis meses, a Comissão Especial de Inquérito da Câmara Municipal de Cataguases fez uma minuciosa análise dos serviços prestados pela Copasa, trabalho que foi apontado como um dos mais completos feitos nas cidades que reclamam da concessionária. Entre outras medidas, foi reivindicada a instauração de um processo administrativo para apuração das irregularidades praticadas pela Copasa e a suspensão da cobrança da tarifa de esgoto, entre outros. (Jornal Atual – Cataguases)

 

Hospital pede bloqueio de contas da Prefeitura

Uma audiência com o Juiz de Direito, da 2ª Vara Cível de Teófilo Otoni, Emerson Chaves Motta, realizada segunda-feira, 2, o Hospital Santa Rosália ajuizou ação contra a Prefeitura de Teófilo Otoni pra tentar receber uma dívida. No mesmo momento da audiência, funcionários do HSR fizeram uma manifestação na porta do Fórum, pois precisam garantir dentre outros direitos, o salário. O juiz resolveu indeferir a medida liminar sob o argumento de que faltam documentos que tornem mais robusta a cobrança feita pelo hospital. (Diárito Tribuna – Teófilo Otoni)

 

Projeto prevê plantão de farmácias

A Câmara de São Lourenço-MG aprovou em primeira votação na tarde desta segunda-feira, 29, o projeto de lei 2927/2019, que regulamenta o sistema de rodízio para plantão de farmácias do município. O texto, enviado pelo Poder Executivo, ressalta que o objetivo é oferecer “atendimento ininterrupto à comunidade”. Ainda segundo a Prefeitura, atualmente as drogarias funcionam até 22h, “deixando a população desguarnecida após esse horário até o dia seguinte”. O projeto pretende substituir a Lei Municipal 2575/2002, atualizando as regras constantes na legislação em vigor. (O Popular Net- São Lourenço)

 

Câmara limita espera a 20 minutos

Os cartórios de Montes Claros vão ter que atender os clientes em um prazo máximo de 20 minutos. É o que determina o projeto de lei que foi aprovado nesta terça-feira, 30, por unanimidade, na Câmara Municipal, e segue agora para sanção – ou não – do prefeito Humberto Souto. O autor, o vereador Wílton Dias (PHC), vê a proposta como um ponto positivo para a população. “A lei vai contribuir sobremaneira para o usuário do serviço. Todos nós hoje precisamos utilizar um ou outro serviço de cartório, e há relatos de pessoas que chegam a ficar por mais de uma hora aguardando esse atendimento”, disse o vereador. (Jornal O Norte- Montes Claros)

 

UFJF convoca para reunião extraordinária

O Ministério da Educação (MEC) vai promover corte de verbas de universidades que não apresentarem bom desempenho e estiverem promovendo “balbúrdia” no campus. A informação foi divulgada pelo ministro Abraham Weintraub. A Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) estaria sob avaliação. A Administração Superior da UFJF informou que convocou o Conselho Superior (Consu) para reunião extraordinária, nesta sexta-feira, 3, às 10h, a fim de discutir a informação circulada pela imprensa nacional da posição do ministro da Educação, Abraham Weintraub, acerca de possível corte orçamentário na instituição. (Tribuna de Minas- Juiz de Fora)

 

Servidores negam adiar reajuste salarial

Durante assembleia realizada nessa segunda-feira, 29, os servidores municipais de Divinópolis decidiram que não vão aceitar o pedido da Prefeitura de adiar o reajuste salarial de 2019. Em nota enviada à imprensa nesta terça-feira, 30, o Sindicato dos Trabalhadores Municipais de Divinópolis e Região (Sintram) e o Sindicato dos Trabalhadores da Educação Municipal do Município de Divinópolis (Sintemmd) disseram que existe uma Lei Municipal 8.083/2015, mais conhecida como a “Lei do Gatilho”, que prevê a revisão automática anual dos salários do funcionalismo, de acordo com o Índice de Preços ao Consumidor (IPCA). (Jornal Nova Imprensa- Formiga)

 

Entidades vão prestar assessoria técnica

Quatro organizações sem fins lucrativos - Aedas, Instituto Meio, Instituto Guaicuy e Instituto Kairós -, que responderam à Chamada Pública convocada pelo Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) e pelo Ministério Público Federal (MPF), foram credenciadas a prestar assessoria técnica às pessoas atingidas em razão do acionamento do Plano de Ação de Emergência de Barragem de Mineração (PAEBM), no complexo minerário Serra Azul, em Itatiaiuçu (MG). Seis entidades se inscreveram, mas duas foram desclassificadas por não atenderem a todos os requisitos previstos no edital. A partir de agora, abre-se o prazo de cinco dias úteis para eventual recurso, que deve ser julgado até o dia 10 de maio. (Gazeta do Oeste- Divinópolis)

© 2017 Folha da Manhã - Criado com o  Wix.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now