COLUNA MG

03 de Julho

Rede de Notícias Sindijori MG
  1. UFJF coordena estudo para vacina
    No meio da corrida mundial pela criação de uma vacina que possa atuar na prevenção do coronavírus, o Instituto de Ciências Biológicas (ICB) da UFJF entra com a sua contribuição. O grupo de pesquisadores coordena um estudo que pode chegar ao desenvolvimento de uma vacina oral. O trabalho também tem como intenção reduzir a gravidade da doença em pessoas que integram os grupos de risco e ainda identificar quais são os vírus em circulação na Zona da Mata. (Tribuna de Minas- Juiz de Fora) 
     

  2. Ipatinga adota medicamentos 
    Desde o último dia 22 de junho, médicos que atendem nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) de Ipatinga já são orientados, por meio da nota técnica, ao uso da Hidroxicloroquina e Azitromicina para o tratamento contra a covid-19. Os pacientes, mesmo ainda suspeitos, passaram a receber os medicamentos, em caso de prescrição médica, como forma de evitar o agravamento da doença a ponto de haver necessidade de internação, explicou o governo local. A nota técnica dá mais segurança ao corpo médico para seguir orientação do Ministério da Saúde e do Conselho Federal de Medicina. (Diário do Aço- Ipatinga)
     

  3. Espécie ameaçada é encontrada 
    A professora e pesquisadora do Instituto Federal do Sul de Minas, campus Poços de Caldas, Mireile Reis dos Santos, e os alunos de iniciação científica encontraram a perereca da folhagem ou perereca-macaco (Pithecopus ayeaye – Lutz 1966), alvo do estudo de ecologia e conservação aprovado em 2019, financiado pela instituição britânica Rufford Foundation e IF. Após percorrer uma área de aproximadamente 500.000 m2, em quase 40 dias de amostragem, a equipe do projeto, enfim, encontrou a espécie, já no final da estação reprodutiva, em janeiro de 2020. (Jornal Mantiqueira- Poços de Caldas) 
     

  4. Parque Tecnológico é inaugurado 
    O Parque Científico e Tecnológico Figueira do Rio Doce está localizado em um espaço amplo. Reúne poder público, entidades e universidades na produção de projetos desenvolvidos a partir da tecnologia, buscando a inovação e reforçando Governador Valadares como polo acadêmico de conhecimento, título já reconhecido no município, devido às faculdades e campos de extensão que ocupam um espaço significativo na cidade. A Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento, inaugurou o Parque na manhã desta quinta-feira, 2. (Diário do Rio Doce- Governador Valadares) 
     

  5. UFOP desenvolve sensor
    Um sensor para monitorar a concentração de gás carbônico (CO2) em ventiladores mecânicos pulmonares, desenvolvido por pesquisadores do departamento de Engenharia de Controle e Automação na Escola de Minas da Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop), pode ampliar o uso do equipamento, de forma simultânea, por mais de um paciente infectado com o novo coronavírus. O projeto tem como objetivo aprimorar as técnicas para uma possível utilização múltipla de ventiladores mecânicos. (Jornal Voz Ativa- Ouro Preto) 
     

  6. Hospital abre dez novos leitos
    Com o aumento dos casos confirmados de Covid-19 no município, a Prefeitura de Sete Lagoas, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, formalizou mais uma etapa do plano de ação para reforçar o sistema público e garantir atendimento aos infectados pela doença. Entraram em operação nesta quinta-feira, 2, no Hospital Municipal, mais dez leitos de UTI exclusivos para o tratamento desse público. O plano de trabalho é dividido em etapas. A primeira delas setorizou 11 leitos de UTI no Hospital Municipal. (Jornal Boca do Povo- Sete Lagoas) 
     

  7. São Vicente proíbe circulação
    A Prefeitura de São Vicente de Minas prorrogou o decreto que proíbe a circulação de pessoas nas vias públicas das 20 horas às 6 horas, até o dia 06 de julho. A determinação vem de acordo com as precauções para evitar a propagação do Coronavírus no município. (Jornal Panorama – Baependi)
     

  8. Inadimplência cresce 11,43%
    Dos mais de dois mil Microempreendedores Individuais (MEIs) da cidade de Arcos, 42,39% ainda estão inadimplentes com o pagamento do Documento de Arrecadação Mensal do Simples Nacional (DAS), de acordo com dados da Receita Federal. No município, até o mês de abril havia 20.430 MEIs, porém, até a mesma data, apenas 1.400 pessoas tinham pagado o documento. Tendo em vista a pandemia da Covid-19, que afetou diretamente os Microempreendedores Individuais, neste ano o índice de inadimplência aumentou 11,43% em comparação ao mesmo período do ano anterior. (Correio do Centro-Oeste- Arcos) 
     

© 2017 Folha da Manhã - Criado com o  Wix.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now