COLUNA MG

06 de Maio

Rede de Notícias Sindijori MG
  1. Estado credenciou 34 leitos 
        O Estado credenciou 34 novos leitos de UTIs em hospitais de Montes Claros, conforme atos publicados no Diário Oficial dos dias 1º e 4 de maio. Outros 40 leitos vão ser credenciados para os hospitais Universitário e das Clínicas, deixando a cidade com mais 74 leitos. Os primeiros resultados do edital de credenciamento de instituições para a prestação de serviços de assistência à saúde em leitos de Unidade de Terapia Intensiva  para tratamento de usuários do Sistema Único de Saúde  no âmbito da pandemia do Covid-19. (Gazeta Norte Mineira- Montes Claros) 
     

  2. Câmara alerta pela violência
    A Câmara Municipal de Patos de Minas, por meio da Escola do Legislativo chama a atenção, neste momento, para outro tema de relevância pública, que já foi pauta de audiências públicas e palestras na Casa Legislativa: a violência doméstica. O isolamento social, que vem se mostrando a principal forma de combate ao novo coronavírus, acabou agravando esse problema, muito comum nos lares brasileiros. Em meio à pandemia da Covid-19, que já conta com 13 casos confirmados e 1 óbito em Patos de Minas, a violência doméstica também mostra sinais de crescimento. (Folha Patense)
     

  3. Número de adolescentes grávidas cai
        Seguindo a tendência de diminuição nos índices de gravidez na adolescência, Uberlândia registrou mais uma queda na incidência em dados divulgados pela Prefeitura nesta segunda-feira, 4. No primeiro trimestre de 2020, do total de mulheres que deram à luz no município, 220 correspondem a adolescentes abaixo de 19 anos (9,26% do total de partos). Esse é o menor número dos últimos anos, quando a porcentagem sempre esteve acima dos dois dígitos. Em 2017, por exemplo, 280 adolescentes deram à luz no primeiro trimestre (11,26% do total de partos). (Diário de Uberlândia) 
        
    Covid-19 atinge mais adultos 
        De acordo com o gráfico de Distribuição Etária dos Casos de Coronavírus, disponibilizado pela Secretaria Estadual de Saúde de Minas, a faixa etária mais atingida pela doença (casos notificados e confirmados) em Poços de Caldas é de 20 a 49 anos, com mais predominância das mulheres entre 30 a 39 anos (14,7%) e dos homens entre 20 a 29 anos (10%). Os mais jovens têm menos registro de ocorrência, alcançando 6% (feminino) e 4,8% (masculino) entre 0 a 9 anos; 3,5% (feminino) e 3,7% (masculino) entre 10 a 19 anos. As mulheres são as que têm mais notificação em todas as faixas etárias, com exceção das de 70 a 79 anos. (Jornal Mantiqueira- Poços de Caldas) 
        
    Distrito recebe imagem de Portugal  
    Casa Bandeirista, conhecida também como Casa de Pedra ou Setecentista, localizada próximo à Igreja em devoção a São Gonçalo do Amarante no distrito de Amarantina, resguarda em sua história a passagem dos bandeiristas pelos caminhos de Minas entre os séculos passados. Em 2020, a Secretaria de Cultura e Patrimônio conseguiu recursos de medida compensatória de um empreendimento comercial na região para realizar a ambientação do espaço, com mobiliário de época e historiografia, criando uma exposição de longa duração. Além do mobiliário de época, a Casa Setentista vai receber uma imagem de São Gonçalo de mais de 300 anos vinda de Portugal. (Jornal Voz Ativa- Ouro Preto )
     

  4. Projeto autoriza isenção 
    A Câmara Municipal de Formiga aprovou projeto de lei autorizando o Poder Executivo a conceder isenção nas tarifas de água, esgoto e serviço de limpeza urbana, além do serviço de conservação de hidrômetros. A proposta destaca que a isenção pode ser concedida a famílias que se encontram em situação de pobreza ou extrema pobreza e cadastradas no Cadastro Único de Programas do Governo Federal (CadÚnico), durante o período de vigência da situação de emergência em saúde pública em virtude da pandemia de Covid-19. (Jornal Nova Imprensa- Formiga)
     

  5. Rodovia do Boi sinalizada
    Os 179 quilômetros da CMG-418, mais conhecida com Rodovia do Boi, no Vale do Mucuri, ganharam reforço na sinalização vertical, com a instalação e recuperação de mais de 500 placas de regulamentação e de advertência, e revitalização da sinalização horizontal em todo o trecho. A via é a principal ligação entre o Nordeste mineiro e o litoral Sul da Bahia. Os serviços foram concluídos pelo Departamento de Edificações e Estradas de Rodagem de Minas Gerais, responsável pela manutenção. (Diário Tribuna - Teófilo Otoni)
     

© 2017 Folha da Manhã - Criado com o  Wix.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now