COLUNA MG

09 de Fevereiro

Rede de Notícias Sindijori MG

Paralisação de Brucutu preocupa prefeitos

A Associação dos Municípios Mineradores de Minas Gerais (Amig) afirma que acompanha com preocupação a paralisação de parte da produção da mina de Brucutu, da Vale, em São Gonçalo do Rio Abaixo. As atividades foram suspensas depois que uma liminar concedida pela 22ª Vara Cível de Belo Horizonte, a pedido do Ministério Público, impediu a continuidade do despejo de rejeitos na barragem de Laranjeiras, localizada em Barão de Cocais, e que atende à mina. Para a entidade, a suspensão temporária das atividades na mina de Brucutu, haverá sérios danos na economia dos municípios da região, principalmente, São Gonçalo do Rio Abaixo, Barão de Cocais e Itabira, onde há uma dependência muito grande da atividade minerária. (Bom Dia – João Monlevade)

 

Setelagoanos fazem doações a Brumadinho

Tão logo as primeiras notícias sobre a tragédia da Vale em Brumadinho ganhou os noticiários e as redes sociais, várias entidades, empresas e mesmo pessoas se solidarizaram e iniciaram campanhas de arrecadação de mantimentos, roupas, água, produtos de higiene e dinheiro às vítimas, imaginando tratar-se de desastre semelhante ao de Mariana, três anos atrás, que deixou mais de 1.500 pessoas desabrigadas e 19 mortas, além de impactar o abastecimento de água em dezenas de cidades ao longo do rio Doce. (Jornal Sete Dias – Sete Lagoas)

 

Propriedades atendidas pela prefeitura

A Prefeitura de Mariana iniciou o processo de silagem nas propriedades rurais da região. A expectativa é de que mais de 300 propriedades sejam atendidas. Silagem é o produto resultante da fermentação, realizada por bactérias, de forrageiras em processo de anaerobiose, picadas e acondicionadas em silos. Este processo de produção de silagem denomina-se ensilagem. A produção de silagem permite um maior número de animais por unidade de terra, armazenagem de grande volume de alimento em pouco espaço. Panfletus – Mariana)

 

Prefeitura amplia incentivo ao esporte

A Prefeitura de Muriaé quer oferecer ainda mais o esporte na cidade em 2019. O propósito foi apresentado aos atletas e integrantes de associações muriaeenses em reunião realizada na última semana, no Centro Administrativo. O encontro tratou sobre o calendário de eventos esportivos para o ano, abordando também questões referentes a orçamento, verbas e apoio da administração para a realização das atividades. Dentre os convidados, estavam representantes de 27 modalidades praticadas em Muriaé. (Gazeta de Muriaé)

 

Aulas da rede municipal iniciam dia 11

Mesmo diante das dificuldades que atravessam as cidades mineiras, devido à crise instalada em todo o estado, na próxima segunda-feira, 11, as aulas da rede municipal de ensino retornam. A data foi definida após reunião realizada na quarta-feira, 6.De acordo com a prefeita de Manhuaçu, Cici Magalhães, o início do ano letivo é importante e estará sendo feito com muito sacrifício. (Jornal das Montanhas – Manhuaçu)

 

Vereadores visitam barragem de resíduos

A unidade da Alcoa em Poços de Caldas recebeu, na quarta-feira, 6, um grupo de vereadores para conhecer suas operações e, principalmente, as Áreas de Resíduos de Bauxita (ARBs). A ação faz parte do Programa Alcoa de Portas Abertas, com visitas permanentes à unidade. Durante a visita, foi mostrado como estas áreas são projetadas, construídas, operadas, monitoradas e reabilitadas, atendendo a rigorosos padrões e práticas nacionais e internacionais. (Jornal da Cidade – Poços de Caldas)

 

Dois alunos são aprovados para o Grêmio

Dois alunos do Centro de Desenvolvimento da Criança e do Adolescente – CDCA – Unidade III, localizada no bairro Padre Vitor, foram aprovados para integrar a equipe do time de futebol profissional Grêmio Contagem. Kauan Araújo, de 15 anos e Lucas Henrique Oliveira Bernardes, de 14, ambos moradores do Bairro Padre Vitor, em Varginha, retornaram na última terça-feira, 5, para Belo Horizonte onde se apresentaram para os testes da categoria de base há cerca de duas semanas e receberam o comunicado da aprovação. (Correio do Sul – Varginha)

 

Três Corações não terá carnaval

A Prefeitura de Três Corações comunicou na sexta-feira, 8, o cancelamento do Carnaval. Segundo a nota publicada na rede social, o município sofre com a falta de repasses, e a verba será para aquisição do uniformes dos alunos da Rede de Educação. Os iinteressados em promover quaisquer manifestações carnavalescas, estabelecimentos comerciais ou instituições, deverão procurar o Setor de Fiscalização da Prefeitura de Três Corações para a emissão de alvarás, bem como apresentar projeto ao Corpo de Bombeiros e oficializar a Polícia Militar para as devidas providências e procedimentos necessários. (Folha Mineira – Três Corações)

© 2017 Folha da Manhã - Criado com o  Wix.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now