COLUNA MG

09 de Junho

Rede de Notícias Sindijori MG
  1. Congonhas ganha apoio de Banco
    O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico aprovou projeto para a revitalização do centro histórico de Congonhas, o que vai contribuir para que a cidade explore ainda mais o seu potencial turístico e supere os impactos da pandemia da Covid-19. Congonhas fez parte do ciclo do ouro do Brasil e reúne um impressionante acervo cultural composto por igrejas de arquitetura barroca e esculturas do artista Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho. (Correio da Cidade- Conselheiro Lafaiete)
     

  2. IAM tem formação digital
    A equipe diocesana da Infância e Adolescência Missionária promoveu na última semana, entre os dias 1º e 3 de junho, a formação para líderes na diocese. A formação, que aconteceu na modalidade online, contou com a colaboração de Aparecida Alves, ex-presidente do Conselho Missionário do Regional Leste 2, e de Sandra Bobine, da diocese de Itabira-Coronel Fabriciano, atualmente coordenadora estadual da IAM. (Diário de Caratinga)
     

  3. Cemig e Ufmg lançam site 
    A Cemig e a Universidade Federal de Minas Gerais lançaram a página de Internet Apaga o Fogo! (www.apagaofogo.eco.br), que tem o objetivo de reduzir as interrupções no fornecimento de energia elétrica causadas por incêndios e de auxiliar na preservação de áreas de proteção ambiental. A aplicação dessa tecnologia deve representar um importante aliado no combate e prevenção de futuros focos de incêndio nas áreas monitoradas. O sistema disponibiliza em tempo real imagens que são processadas por meio de algoritmos de inteligência artificial de forma autônoma. (Folha Regional- Muzambinho) 
     

  4. Memorial lança projeto  
    Com o objetivo de resgatar histórias e recordações de Chico Xavier, o Memorial que leva o nome do médium em Uberaba lança o projeto "Sua história com Chico". O intuito é incentivar pessoas a relatarem momentos especiais que vivenciaram com o líder espírita, seja a partir de experiência concreta ou até mesmo por meio da inspiração em seus livros, legado e exemplo. Para participar, o interessado deve encaminhar vídeo ou foto relatando sua história. (Jornal de Uberaba) 
     

  5. Hospital já está instalado
    Com todos os equipamentos instalados e prontos para ser utilizado a qualquer momento,o hospital de retaguarda montado na Escola Estadual Canuta Rosa, no bairro Cidade Nobre, em Ipatinga, tem capacidade inicial para atender até 40 pacientes em leitos de enfermaria. Havendo demanda, outros 160 podem ser montados, chegando a um total de 200. O local é um ponto de apoio para receber pacientes com quadros de menor complexidade, que estejam com suspeita ou confirmados de contágio pela Covid-19. (Diário do Aço- Ipatinga) 

    Apae de Patrocínio é referência
    A Apae de Patrocínio,  fundada em maio de 1972, chega aos 48 anos apresentando crescimento e inovando os atendimentos realizados. Hoje possui mais de 100 funcionários, sendo 84 contratados, 24 cedidos pela Secretaria de Estado da Educação de Minas Gerais e 7 cedidos pelo Município, possui a Chácara Morada do Sol e atualmente atende em média 500 usuários nas áreas de educação, assistência social e saúde, desde o nascimento até idade adulta. (Jornal de Patrocínio)
     

  6. Bom Despacho seleciona para projeto 
    O programa Arte Salva vai premiar artistas e mestres locais, detentores e difusores da cultura mineira de Bom Despacho durante a pandemia. Cada projeto selecionado vai ser premiados com o valor de R$ 1.900. As inscrições são feitas na Secretaria de Cultura. Uma rede solidária formada pelo governo de Minas Gerais, iniciativa privada e entidades da sociedade civil em prol dos realizadores e empreendedores da Cultura e Turismo do estado. (Jornal Cidade MG- Lagoa da Prata)
     

  7. Injúria racial gera condenação
    O Tribunal de Justiça de Minas Gerais confirmou condenação de primeira instância de Poços de Caldas de uma mulher acusada de injúria racial. Narra a denúncia do Ministério Público (MP) que a acusada, em 8 de maio de 2016, dirigiu-se de forma preconceituosa a duas conhecidas chamando-as de “macacas”, “chimpanzés” e aconselhando-as a usar “alvejante para cla rear a pele”. Além disso, imputou crimes a uma das vítimas, apesar de saber que ela era inocente. (Jornal Mantiqueira – Poços de Caldas)
     

© 2017 Folha da Manhã - Criado com o  Wix.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now