COLUNA MG

13 de Junho

Rede de Notícias Sindijori MG
  1. Viação terá acesso à rodoviária
    A Viação Pássaro Verde obteve liminar judicial para embarque e desembarque de seus passageiros no Terminal Rodoviário de Ponte Nova. Acatando a tese do mandado de segurança da empresa, o juiz Bruno Taveira, da 2a Vara Cível de Ponte Nova, considerou que é inconstitucional o decreto de emergência do prefeito Wagner Mol/PSB. A Pássaro Verde relacionou as linhas impedidas pelo decreto, com partida de Belo Horizonte rumo a Ponte Nova, Pocrane, Manhumirim, Rio Casca, Santa Margarida, Ubá, Ervália e Viçosa. (Folha de Ponte Nova)
     

  2. Prefeito pode sofrer impeachment
    Na reunião ordinária da Câmara de quarta-feira, 17, deverá ser lido o sexto pedido de impeachment do prefeito de Divinópolis. Dois pedidos foram feitos pelo ex-vereador Sargento Elton, um pedido foi de autoria da Associação dos Advogados do Centro-Oeste, e outros 2 feitos pelo próprio vereador Edson Sousa que é o autor de um novo pedido, o 3º se sua autoria, tendo como sustentação denúncia por infração política administrativa. (Divinews – Divinópolis) 
     

  3. UFJF melhora desempenho 
    A UFJF passou da 1.018ª posição para a 1.005ª em um ano, segundo o ranking divulgado pelo Centro de Classificações Universitárias Mundiais. A consultoria dos Emirados Árabes, que avalia o desempenho de 20 mil universidades pelo mundo, considera quantidade de ex-alunos vencedores de prêmios internacionais (25% da nota), empregabilidade (25%), quantidade de docentes vencedores de prêmios internacionais (10%), número de publicações (10%), número de artigos publicados em revistas especializadas (10%), influência dos artigos (10%) e citações dos artigos (10%). (Tribuna de Minas- Juiz de Fora) 
     

  4. Governo habilita leitos no Sul 
    O Governo Federal habilitou 74 novos leitos de UTI adulto para o tratamento da Covid-19 no Sul de Minas. O investimento para o funcionamento dos novos leitos na região é de R$ 10,6 milhões. A portaria também prevê a liberação de uma verba de R$ 3,5 milhões para o custeio da manutenção das ações e serviços públicos de saúde. O Hospital Santa Lúcia, de Poços de Caldas, é quem vai ter a maior quantidade de leitos habilitados: 20, ao custo de R$ 2,8 milhões. Em seguida aparece o Hospital das Clínicas Samuel Libânio, de Pouso Alegre, com 18, ao custo de R$ 2,5 milhões. (O Popular - São Lourenço) 
     

  5. TO contemplada com programa
    A partir da última quarta-feira, 10, os usuários da Farmácia de Minas em Teófilo Otoni passam a ter acesso ao programa Medicamento em Casa. A iniciativa, lançada pelo Governo de Minas, garante a entrega domiciliar de remédios para Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica  e asma, evitando a exposição de pacientes do grupo de risco da Covid-19 em filas ou aglomerações nos Núcleos de Assistência Farmacêutica (NAFs) das Regionais de Saúde. Teófilo Otoni é a sexta cidade do Estado a receber o programa. (Diário do Rio Doce- Governador Valadares) 
     

  6. Guarda municipal passará a multar 
    Os Guardas Municipais de Montes Claros vão passar a atuar em atividade de fiscalização do trânsito e ainda a aplicar multas, conforme o Decreto do prefeito Humberto Souto. Ele alega que a Lei Federal  atribuiu às Guardas Municipais a competência para o exercício de atividades de fiscalização do trânsito que lhes forem conferidas, nas vias e logradouros municipais, nos termos do Código de Trânsito Brasileiro, ou de forma concorrente, mediante convênio com órgão de municipal de trânsito. (Gazeta Norte Mineira-Montes Claros) 
     

  7. Hospital será reaberto
    A intervenção do prefeito de Bom Jesus do Galho, William Batista de Calais, no Hospital Aminas, cujas atividades estavam paralisadas, alcançou os resultados almejados pela administração municipal. Após conseguir a reintegração de posse do hospital, mediante decisão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, o presidente da Aminas, Joel Tristão Júnior, anunciou que a instituição hospitalar vai retomar os atendimentos ao público dentro das duas próximas semanas. Após permanecer inativo por mais de um ano, o Hospital Aminas foi reaberto há dois meses pela administração municipal. (A Semana Agora- Caratinga)
     

© 2017 Folha da Manhã - Criado com o  Wix.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now