COLUNA MG

20 de Maio

Rede de Notícias Sindijori MG
  1. Supermercado multado em TO
    O Procon Municipal de Teófilo Otoni multou em R$ 1 milhão uma rede de supermercados em Teófilo Otoni. Segundo o coordenador do órgão, Yuri Rocha, com relação às sanções aplicadas em face dos supermercados por ocasião do aumento desmedido em produtos essenciais à mesa da população, como cestas básicas, a partir das quatro fiscalizações realizadas, entendeu ao final que essa rede de supermercados na cidade praticou preços lesivos em detrimento dos consumidores. O estabelecimento tem prazo pra defesa. (Diário Tribuna – Teófilo Otoni)
     

  2. Uberlândia volta a ter voos
    A Azul, única companhia aérea que está operando neste momento em Uberlândia, informou que a partir de 31 de maio, a cidade volta a ter voos da companhia com direção à Viracopos, em Campinas, interior de São Paulo. Além disso, a partir de 24 de maio, a rota que liga Uberlândia à capital Belo Horizonte vai operar em novo horário, com frequências diárias de segunda à sexta-feira. Para Campinas, as ligações vão acontecer quatro vezes por semana, com as aeronaves modelo ATR 72-600, que podem levar até 70 Clientes. (Diário de Uberlândia) 
     

  3. Itabirito adere programa
    Foi sancionado o decreto n° 13.184, que trata da adesão do município de Itabirito ao Programa “Minas Consciente”, que busca conduzir a atuação dos municípios de forma coordenada, controlada e efetiva para o enfrentamento da Covid-19. O plano visa à possibilidade de flexibilização das medidas de isolamento social, de forma gradativa e responsável, buscando a normalização das atividades econômicas, sem que isso cause impacto negativo à situação da pandemia no Estado. (O Liberal- Itabirito) 
     

  4. PM com mais casos de dengue
    Pará de Minas é a cidade da Região Centro-Oeste de Minas Gerais com mais casos prováveis de Dengue, segundo informou a Secretaria de Estado de Saúde. Atualmente, o município está com 2.655 notificações, mais que o dobro de Formiga que tem 1.059 casos. Se for comparar os números de Pará de Minas com Bom Despacho, que é o terceiro colocado nesse ranking negativo, com 677 casos, os números são mais assustadores, pois a cidade pará-minense aparece com quase duas mil notificações a mais. O número é considerado muito alto para a quantidade de habitantes. (JC Notícias- Pará de Minas) 
     

  5. UFV investe R$ 500 mil 
    A Universidade Federal de Viçosa, por meio da sua Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação, definiu quais vão ser os projetos financiados pela chamada de apoio a ações de combate à pandemia causada pelo novo coronavírus (Covid-19), publicada no final de abril. Vão ser investidos cerca de R$ 500 mil e os projetos de inovação tecnológica devem gerar insumos para a detecção da doença. O reitor da UFV Demetrius David da Silva espera que os projetos deixem um legado de inovação tecnológica para a sociedade no enfrentamento da pandemia. (Folha da Mata- Viçosa) 
     

  6. Codema lança edital 
    O Conselho Municipal de Defesa e Conservação do Meio Ambiente de Montes Claros (Codema) acaba de lançar um edital com o objeto de financiar projetos ambientais voltados à horticultura comunitária urbana, ao cercamento de nascentes, captação de água de chuva, barraginhas, métodos de contenção de processos erosivos e barramento do curso hídrico. O edital visa desta forma, estimular a temática ambiental, privilegiando a preservação e a conservação do meio ambiente, a educação ambiental e a promoção do desenvolvimento sustentável, entre outros. (Gazeta Norte Mineira- Montes Claros)
     

  7. PA está acima da média  
    O número de pacientes curados de Covid-19 em Pouso Alegre é maior em relação ao total de curados em Minas Gerais. A cidade registra 63,2% de pacientes curados contra 42,5% em todo o estado. O comparativo levou em consideração os números divulgados nos boletins municipais e estadual mais recentes. Até a última quinta-feira, 14, Pouso Alegre registrou 68 casos positivos e 43 curados. Em Minas, o total de infectados é de 3.950 e 1680 curados. (Pouso Alegre Net) 
     

  8. AppDivinópolis recebe consultas
    O AppDivinópolis implantou na semana passada a área especial do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), onde o usuário pode consultar os preços de combustíveis ofertados no município. Nos últimos três dias, a plataforma recebeu mais de 500 consultas de preços. Após o início da nova função, o preço médio da gasolina comum sofreu redução de dez centavos, de R$ 4,10 para R$ 4,00. A variação entre o menor e o maior preço entre os estabelecimentos é de 10,26%. (Jornal Agora – Divinópolis)
     

© 2017 Folha da Manhã - Criado com o  Wix.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now