COLUNA MG

29 de Março

Rede de Notícias Sindijori MG

Compac decide demolir prédio

O Conselho do Patrimônio Cultural de Araxá (Compac) decidiu em reunião realizada no último dia 19 de março pela demolição do prédio da antiga Pensão Tormin, localizada na Praça Coronel Adolfo, no Centro. Diante dessa decisão, o juiz da 3ª Vara Cível da Comarca de Araxá, Dr. Rodrigo da Fonseca Caríssimo, suspendeu a tutela de urgência deferida por ele que determinava que a Prefeitura Municipal deveria adotar medidas paliativas de conservação do imóvel para evitar o seu desabamento. Os conselheiros se reuniram sete dias depois da liminar judicial que determinou que a Prefeitura tinha 10 dias, a contar da sua intimação, para adotar medidas paliativas de conservação do prédio da Pensão Tormin para evitar a continuidade da sua degradação e o seu desabamento. (Diário de Araxá)

 

Promotoria notificará 18 agências

O Ministério Público (MP), por meio da Promotoria do Cidadão, que tem à frente o promotor Sérgio Gildin, notificará todas as 18 agências bancárias de Divinópolis. A medida visa a esclarecer, junto aos seus representantes, quais critérios adotarão sobre a Lei 8.635, aprovada no ano passado e que determina a colocação de grades e portas de aço reforçado nas instituições financeiras para evitar explosões a caixas eletrônicos. Segundo o MP, atualmente, cada uma faz seu próprio horário no autoatendimento, porém, com a nova legislação já em vigor, é preciso que se chegue pelo menos a um acordo. O horário de funcionamento dos fins de semana e feriados também entrará na pauta. (Portal Agora – Divinópolis)

 

Juiz-foranos perdem benefício do INSS

Um total de 8.410 segurados do INSS em Juiz de Fora tiveram os benefícios suspensos por não realizarem a prova de vida. A cidade é a segunda no Estado de Minas Gerais com maior número de cancelamentos, atrás apenas de Belo Horizonte (48.883). O procedimento é obrigatório e pretende evitar pagamentos indevidos e fraudes. Na prática, consiste no beneficiário comparecer à sede do banco pagador com documentos de identificação para a comprovação de que está vivo. O prazo para a realização terminaria em 31 de dezembro de 2017, mas foi prorrogado para 28 de fevereiro deste ano. (Tribuna de Minas – Juiz de Fora)

 

MCTrans recua no limite para viagens

A Empresa Municipal de Planejamento, Gestão e Educação em Trânsito e Transportes (MCTrans) revogou a portaria que limitava as viagens gratuitas nos coletivos urbanos para deficientes e idosos em Montes Claros. O texto sobre a anulação ressalta que “mesmo por recomendação do Ministério Público Estadual essa medida deverá ser mais avaliada e discutida”. Em reunião na última terça-feira, porém, o promotor Rodrigo Guedes, da Curadoria da Pessoa com Deficiência do Ministério Público, negou que tenha havido recomendação do MP no sentido de limitar o uso e que a afirmação da MCTrans pode ter sido interpretada de maneira equivocada. (O Norte de Minas – Montes Claros)

 

Antigo Caresami convive com problemas

O Cseur (Centro Socioeducativo de Uberaba) enfrenta graves problemas estruturais e greve de funcionários técnico-administrativos. Segundo informações, os agentes também estão com indicativo para parar a partir dia 4 de abril, visto que o governo estadual não atendeu às exigências do sindicato da categoria, que pede melhorias salariais e nas condições da carreira. Os salários das duas categorias estão congelados desde 2015 e, por enquanto, governo nega possibilidade de negociação. Além disso, ocorrem outros problemas na unidade, como, por exemplo, atraso para servir o almoço dos internos, pelo fato de a equipe de cozinha de empresa terceirizada estar com salários atrasados. Vinte servidores das áreas administrativas e técnicas - psicólogos, pedagogos, assistentes sociais, terapeutas ocupacionais, enfermagem, entre outros - do Cseur iniciaram greve no dia 27 de fevereiro deste ano. (Jornal da Manhã – Uberaba)

Laticínios Porto Alegre terá nova unidade

A Laticínios Porto Alegre, uma das maiores empresas de Minas Gerais neste segmento, está investindo em Muriaé. A empresa vai construir um posto de resfriamento de leite de cerca de 60mil m², em um imóvel localizado próximo aos distritos de Boa Família e Macuco. O empreendimento vai gerar oportunidades de trabalho na cidade, incentivando a economia e garantindo renda, ao ser mais uma opção para os produtores de leite comercializar seus produtos. O investimento será de R$ 2 milhões e tem como objetivo fortalecer o atendimento e relacionamento com os produtores de leite da região. No mercado há mais de 25 anos, a Laticínios Porto Alegre mantém sua matriz na cidade de Ponte Nova e é líder no segmento de queijos frescos. (Gazeta de Muriaé)

Programa quer atender 14 mil crianças

O Município de Uberlândia anunciou a ampliação do Programa Escola Cidadã 2018, que neste ano será realizado em parceria com o Ministério Público Estadual (MPE). A iniciativa, desenvolvida há 15 anos pelo Departamento Municipal de Água e Esgoto (Dmae), realiza atividades pedagógicas para conscientizar estudantes sobre o uso responsável da água e a preservação do meio ambiente. A expectativa é que o programa atenda a 14 mil crianças de 17 escolas municipais. Neste ano, além de teatro de fantoches, sessões de cinema e palestras, o Programa vai contar com distribuição dos kits “Sou Amigo da Água”, com squeeze, mochila e um exemplar da revistinha “Turminha do Cerrado”. Outra novidade é a realização de visitas orientadas à Fazendinha Buriti. (Diário de Uberlândia)

Baixe o arquivo >>

Revistinha “Turminha do Cerrado” está dentro de kit previsto para ser distribuído | Foto: Valter de Paula/Secom/PMU

© 2017 Folha da Manhã - Criado com o  Wix.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now