COLUNA MG

01 de Junho

Rede de Notícias Sindijori MG
  1. Justiça suspende licitação em TO
    O juiz da 2ª Vara Cível da Comarca de Teófilo Otoni, Emerson Chaves Motta, motivado por uma ação popular, suspendeu uma licitação da administração que tratava da concessão do transporte público da cidade. É que numa das cláusulas a prefeitura exigia que o vencedor do certame deveria fazer um investimento de até de R$ 1 milhão no terminal rodoviário. O problema é que o imóvel não pertence ao patrimônio público, e sim à Grande Loja Maçônica. Essa exigência não encontra amparo em nenhuma legislação, entendeu a justiça. (Diário Tribuna – Teófilo Otoni)


  2. Rotativo implantado em Ouro Preto
    Começou a funcionar ontem em Ouro Preto o novo rotativo de trânsito, agora com um sistema totalmente digital. A modernização do sistema foi pensada para resolver uma questão histórica na cidade: o trânsito caótico que se forma aos finais de semana e feriados prolongados nas ruas comerciais. Inicialmente o sistema será implantado no Centro Histórico, podendo ser estendido para os demais bairros. A compra de créditos será feita pelo aplicativo Rotativo Digital Ouro Preto. (O Liberal – Ouro Preto)
     

  3. Itaúna tem queda de receita
    A Prefeitura de Itaúna divulgou no início da semana que o mês de abril apresentou queda de quase 50% na arrecadação do ICMS – Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços. Em números exatos, a queda foi de 45.33%, o que representou R$ 2.707.012,87 no caixa, quando a expectativa era de que pelo menos fosse repetido o abril de 2019, que gerou arrecadação de R$ 5.043.591,46. A queda, levando esses números em consideração, foi de R$ 2.336.578,59. (Folha do Povo – Itaúna)
        
    MPT destina verba 
    Municípios da Zona da Mata e Campo das Vertentes receberam do Ministério Público do Trabalho  R$ 950.357,01 de recursos para enfrentamento e prevenção à Covid-19. Cinco entidades dos municípios de Juiz de Fora, Barbacena e Leopoldina foram contempladas com partes desse montante. A entidade que recebeu a maior quantia foi o Fundo Municipal de Saúde de Juiz de Fora com R$ 752.652,30. Também foram beneficiados outros fundos municipais, um hospital e uma Apae. (Folha de Barbacena)
     

  4. Média de isolamento é de 41%
    A Prefeitura de Juiz de Fora trabalha para ampliar as ferramentas de monitoramento do isolamento social na cidade e pretende formalizar, já em junho, um acordo com uma empresa de telefonia para obter detalhamentos sobre o deslocamento da população dentro do município. Contudo, detalhamento obtido pela Tribuna a partir de monitoramento feito pela empresa Inloco, que mensura o deslocamento na cidade por meio do GPS de celulares, mostra que o percentual de pessoas que permaneceram isolados em suas residências é menor e corresponde a uma média de 41% no mesmo. (Tribuna de Minas- Juiz de Fora)
     

  5. Hospital é avaliado 
    O Hospital Poços de Caldas recebeu em janeiro de 2020 a devolutiva da Agência Nacional de Vigilância Sanitária sobre a auto avaliação das Práticas de Segurança do Paciente do ano de 2019, na qual foi avaliado com nota máxima. De acordo com relatório publicado pela Anvisa o Hospital Poços de Caldas pontuou positivamente em todos os critérios avaliados. A pesquisa é realizada com base em 21 critérios referentes aos indicadores de estrutura e processos relacionados às práticas de Segurança do Paciente. (Jornal Mantiqueira- Poços de Caldas ) 
     

  6. Serviço aduaneiro será reestruturado 
    A Prefeitura de Valadares recebeu o superintendente da 6ª Região Fiscal da Receita Federal, Mário José Dehon, para tratar sobre algumas mudanças administrativas do órgão. Um dos serviços disponibilizados pela Receita em Valadares é a Aduana, que controla e fiscaliza o fluxo internacional de exportação e importação de mercadorias, como, por exemplo, as pedras preciosas e gemas. Com a reestruturação, a Receita Federal em Valadares deixa de ter uma chefia de equipe aduaneira e se organizará com o formato de equipes especializadas. (Diário do Rio Doce- Governador Valadares)
     

  7. Comércio local será testado 
    O prefeito de Mariana, Duarte Júnior, anunciou que o município vai testar para covid-19 os funcionários das empresas que tiveram a volta das atividades aprovada pelo Comitê Gestor do covid-19. Com início nesta segunda-feira, 1, a testagem é considerada pelo gestor municipal como uma maneira de mapear os casos de covid-19 em Mariana e, assim, isolar os eventuais pacientes contaminados que estejam trabalhando. (Jornal O Liberal- Itabirito)
     

© 2017 Folha da Manhã - Criado com o  Wix.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now