COLUNA MG

23 de Agosto

Rede de Notícias Sindijori MG

MP interpõe recurso contra demolição

O Ministério Público de Minas Gerais interpôs recurso de apelação em face de decisão judicial que julgou antecipadamente improcedente Ação Civil Pública (ACP) ajuizada pela instituição com o fim de obter a proteção do imóvel conhecido como Pensão Tormin – antiga Casa de Dona Beja, em Araxá. Trata-se de atuação conjunta da Promotoria de Justiça de Araxá e da Coordenadoria das Promotorias de Justiça de Defesa do Patrimônio Cultural e Turístico de Minas Gerais. A ACP principal teve como pedidos finais a determinação de que o proprietário do imóvel e Município de Araxá garantam a conservação e a preservação do imóvel. (Diário de Araxá)

 

Divinópolis sedia circuito Sest Senat

Os atletas de corrida de Divinópolis e região têm compromisso marcado na tarde de sábado, 15 de setembro. Com largada na Praça do Santuário, às 17h30 terá início a etapa Divinópolis do Circuito Sest Senat de Caminhada e Corrida de Rua. São três percursos: caminhada (2 Km), corrida de 5 km ou 10 km. Em 2017, foram realizadas 33 etapas com a participação de mais de 56 mil corredores. Em 2018 o Circuito Sest Senat de Caminhada e Corrida de Rua, completa 5 anos e realiza, até o final do ano, 17 etapas em todo o país. (Gazeta do Oeste – Divinópolis)

 

Juiz de Fora extingue 251 empregos

Pelo terceiro mês consecutivo, Juiz de Fora demitiu mais do que contratou, resultando na extinção de 251 empregos com carteira assinada em julho. O cenário aponta para uma aparente estabilidade em relação ao mesmo mês do ano anterior, quando o estoque foi negativo em 254 oportunidades. No ano, o resultado ainda é positivo, com 437 vagas formais. Em 12 meses, são 838 empregos criados. Os dados constam do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e foram divulgados nesta quarta pelo Ministério do Trabalho e Emprego. Em maio e junho, a cidade também mais dispensou do que admitiu. (Tribuna de Minas – Juiz de Fora)

 

Feira da Paz e Concurso recebem recursos

Em reunião ordinária realizada no dia 20 de agosto, a Câmara Municipal de Leopoldina aprovou o Projeto de Lei de autoria do Poder Executivo, que dispõe sobre a concessão de contribuições no exercício de 2018, no valor total de R$20.000,00, sendo R$10.000,00 para o Concurso Leiteiro do distrito de Tebas e R$10.000,00 para a Associação das Pioneiras de Leopoldina – APIL, para a realização da Feira da Paz. Em sua justificativa, o Executivo informou que os repasses de recursos financeiros objetivam o incentivo às duas entidades para que as mesmas realizem trabalhos que beneficiem ao distrito e à população local. (Leopoldinense)

 

Maria Fumaça registra recorde

As férias escolares impulsionaram um recorde na Maria Fumaça, que liga São João Del Rei e Tiradentes. Durante o mês passado mais de 21 mil pessoas fizeram o passeio. O período é o mais movimentado do ano e o sábado foi o dia favorito dos turistas. O calendário de passeios é programado com base nas variações entre os meses. Em julho, por exemplo, foram mais de 100 viagens entre as duas cidades. Em agosto, a previsão é ver mais pessoas subindo e descendo os degraus dos trens durante o 21º Festival Cultura e Gastronomia de Tiradentes, que homenageia o tricentenário da cidade e sua gastronomia original está chegando. (A Folha Regional – Muzambinho)

 

UPA vai custar 6 milhões

Já são anos de espera e a obra inicialmente orçada em R$ 3 milhões vai custar, ao final, R$ 6 milhões. Dinheiro perdido é reflexo do descaso do poder público que resulta em projetos sem continuidade. Não faltam exemplos em Montes Claros. Sete meses após o prazo estabelecido para entregar a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) do Bairro Chiquinho Guimarães, o prefeito Humberto Souto assina somente hoje a ordem de serviço para a retomada das obras. Para recuperar a unidade de saúde abandonada, serão necessários mais R$ 4 milhões, de acordo com a licitação feita em 25 de maio, vencida por duas empresas de Montes Claros – a Connor Engenharia e a Construtora Liner. (O Norte de Minas – Montes Claros)

 

Varginha quer erradicar trabalho infantil

Através de processo licitatório o Grupo Educacional Unis irá prestar assessoria à Secretaria Municipal de Promoção Social de Poços de Caldas, no planejamento e execução de ações estratégicas do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI). Instituído pelo Ministério do Desenvolvimento Social e pela Secretaria Nacional de Assistência Social, o PETI busca desenvolver um conjunto de ações que têm o objetivo de retirar crianças e adolescentes menores de 16 anos do trabalho precoce, exceto na condição de aprendiz a partir de 14 anos. (Gazeta de Varginha)

 

Seminário reúne prefeitos mineiros

O auditório do Museu do Zebu, em Uberaba, foi palco ontem, 22, do “Seminário Sobre Legislação de Produtos Artesanais e sua Comercialização Interestadual”, o simpósio reuniu cerca de duzentas autoridades entre prefeitos mineiros e secretários municipais de agricultura. O evento prestou esclarecimentos sobre a Lei 13.680/2018, que criou o selo estadual que permite a comercialização em todo o país de produtos artesanais com origem animal, durante o simpósio também foram abordados outros temas pertinentes ao setor. (Jornal da Manhã – Uberaba)

Baixe o arquivo >>

© 2017 Folha da Manhã - Criado com o  Wix.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now