COLUNA MG

01 de Setembro

Rede de Notícias Sindijori MG

Extrema gera o dobro de empregos

O município de Extrema (MG) já gerou em 2018 o dobro do número de empregos na indústria do que as 10 maiores cidades do Sul de Minas juntas. Só de janeiro a julho, Extrema gerou 868 novas vagas de trabalho no setor, enquanto as 10 maiores da região, somadas, geraram 440 novos postos de trabalho. Os dados são do Caged, o Cadastro de Empregados e Desempregados do Ministério do Trabalho, divulgados na semana passada. A discrepância dos números fica ainda maior se for comparado o número de empregos gerados na indústria desde 2013. (Gazeta de Varginha)


 

PL cria banco de empregos para presos

Vereadores de Montes Claros aprovaram, por unanimidade, o Projeto de Lei (PL n° 54/2018) que determina a oferta de 5% das vagas de trabalho em obras e serviços licitados ou contratados pela administração pública a egressos do sistema penitenciário e pessoas em situação de rua. A contratação se dará quando a mão de obra exigida for superior a 20 funcionários. Inicialmente, a Comissão de Legislação e Redação da Câmara considerou o projeto inconstitucional, mas o parecer foi derrubado pelos vereadores que entenderam a proposta como de extrema importância social. (O Norte de Minas – Montes Claros)


 

Estacionamento Rotativo é aprovado

O projeto do Executivo Municipal que institui o Estacionamento Rotativo pago nas vias e logradouros públicos do Município de Muriaé foi aprovado pela Câmara em sua última sessão. Caberá ao Departamento Municipal de Transporte e Transito (Demuttran), direta ou indiretamente, à instituição, gestão, fiscalização, a operacionalização, remoção, guarda e depósito de veículos automotores removidos e retirados de circulação que se encontram irregular ou abandonados. Segundo o projeto, a efetivação do Estacionamento Rotativo deverá ocorrer preferencialmente pelo uso de meios eletrônicos, de forma a tornar mais ágil e auditável seu controle. (Gazeta de Muriaé)


 

APAC de Caratinga realiza Café Empresarial

O programa Próximos Passos, projeto de apoio a recuperandos da Associação de Proteção e Assistência aos Condenados (APAC) de Caratinga é promovido desde o ano passado pelo Sebrae Minas. O objetivo é capacitar os internos, envolver a comunidade local, sensibilizar os empresários para a reinserção dos recuperandos na sociedade e no mercado de trabalho e melhorar a gestão da entidade, a fim de torná-la autossustentável. A diretora da APAC, Adriana Luppis destacou que os recuperandos são qualificados e precisam de oportunidades. (Diário de Caratinga)


 

Prefeitos da AMOG vão ao TCE

Os prefeitos da Amog (Associação dos Municípios da Microrregião da Baixa Mogiana) participam na última quinta-feira, 30, acompanhados do deputado estadual Antonio Carlos Arantes, de uma audiência no Tribunal de Contas do Estado para tratar de assuntos relacionados à falta de repasses financeiros da Educação (Fundeb) aos Municípios. Nos últimos meses, os prefeitos estão sendo obrigados a retirar recursos que seriam utilizados em outras áreas da Prefeitura para conseguir pagar os servidores públicos municipais, em especial, os profissionais da Educação. (A Folha Regional – Muzambinho)


 

30º Festival de Folclore movimenta a cidade

O Congado, a Folia de Reis, os Grupos de Pastorinhas, o Candombe, as festas religiosas dedicadas a Nossa Senhora do Rosário, a viola e a tradição dos violeiros são algumas das atrações que fizeram de Jequitibá a detentora do título de “Capital Mineira do Folclore". A distinção é resultado direto da tradição criada com o seu Festival do Folclore, que chega à 30ª edição em 2018, de 6 a 9 de setembro. Localizada a 30 km de Sete Lagoas pela MG-238 e a 100 km de Belo Horizonte, a cidade possui uma das maiores diversidades culturais do país. (Sete Dias – Sete Lagoas)


 

Vale do Aço têm população de 766.239

As estimativas da população residente nos 5.570 municípios brasileiros, com data de referência em 1 de julho de 2018, indicam que o Brasil tem 208,5 milhões de habitantes e uma taxa de crescimento populacional de 0,82% entre 2017 e 2018, de acordo com a Projeção da População (Revisão 2018). No Vale do Aço, a estimativa projeta uma população nos 28 municípios da Região Metropolitana do Vale do Aço e Colar Metropolitano em 766.239 habitantes. No Censo 2010, essa região somava 717.712 habitantes. (Diário do Aço – Ipatinga)

Baixe o arquivo >>

© 2017 Folha da Manhã - Criado com o  Wix.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now